PUBLICIDADE

Greve em Hollywood: roteiristas e atores unem-se em luta por direitos

16 ago 2023 - 15h55
Compartilhar
Exibir comentários

Hollywood está no centro de uma greve histórica que envolve roteiristas e atores, unidos em uma luta por direitos e melhores condições de trabalho. As manifestações e linhas de piquete estão ocorrendo em Los Angeles, Nova York e Chicago. Essa é a primeira greve dos atores desde 1980 e a primeira vez, desde 1960, que roteiristas e atores fazem uma greve simultaneamente.

Foto: AUR

As paralisações têm como pano de fundo a busca por melhores acordos de contratos com os estúdios de cinema e televisão. Os roteiristas lutam por uma maior parcela das receitas de streaming, além de melhores condições de trabalho, enquanto os atores reivindicam aumentos salariais e melhorias nos benefícios.

Entre as principais demandas estão maiores royalties para roteiristas em plataformas de streaming, melhor proteção de direitos autorais e benefícios mais abrangentes para os atores, como seguro de saúde e pensões.

Roteiristas em busca de justiça: compensação e direitos autorais na era do streaming

Os roteiristas estão empenhados em garantir uma compensação justa por seu trabalho nas plataformas de streaming. Atualmente, as receitas provenientes dessas plataformas são consideradas abaixo do esperado, como a respeito de receita residual das obras, o que prejudica os rendimentos dos profissionais. Além disso, os roteiristas buscam maior proteção de seus direitos autorais, especialmente em um cenário onde o conteúdo é amplamente distribuído e replicado.

Foto: AUR

Os roteiristas também estão reivindicando mais controle criativo sobre suas obras, garantindo que suas visões artísticas sejam respeitadas e preservadas durante todo o processo de produção. Nesse ponto também entram as alterações de roteiro, feitas por terceiros ou o uso de inteligências artificiais. Essa questão se tornou ainda mais relevante com a crescente popularidade das séries de TV, que requerem roteiros elaborados e enredos complexos.

Os estúdios, por sua vez, argumentam que as demandas dos roteiristas são financeiramente inviáveis e podem comprometer a sustentabilidade econômica da indústria do entretenimento.

Greve dos atores: demandas e desafios na indústria do entretenimento

Os atores estão se unindo em apoio às demandas dos roteiristas e também estão buscando melhorias em suas próprias condições de trabalho. Entre as principais questões estão os aumentos salariais, especialmente para atores que trabalham em séries de TV populares e filmes de grande bilheteria. Mas se engana quem pensa que os grandes atores de Hollywood estão preocupados com os ganhos milionários dessa pequena parcela, as demandas visam a melhoria de toda a categoria, principalmente os profissionais que têm menos tempo de tela, como os figurantes.

Além disso, os atores buscam melhores benefícios, incluindo seguro de saúde e planos de pensão mais abrangentes. Muitos atores enfrentam insegurança financeira, especialmente durante os períodos de inatividade entre projetos, tornando essas questões ainda mais urgentes.

Foto: AUR

Os estúdios, por outro lado, argumentam que estão enfrentando desafios financeiros devido à pandemia e às mudanças na indústria do entretenimento, o que torna difícil atender a todas as demandas dos atores.

Em meio a essa greve histórica, a indústria do entretenimento enfrenta incertezas quanto ao futuro das produções e ao impacto que essa luta por direitos terá na forma como filmes e séries são produzidos e distribuídos.

Sobre o Autor 'Prazer, Diego Silver!'

Pai, Preto, Nerd e Mestre Jedi na arte de fazer meu dia parecer que tem 48 horas. Sou apaixonado por One Piece e fui educado em um mix de Tokusatsu, filmes chineses às segundas-feiras e Blaxploitation. Prometo ignorar argumentos rasos, ao mesmo tempo que vou elogiar coisas bobas e edificar alegorias que vão ensinar que o mundo não é o playground do condomínio.

AUR
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade