0

Senadores dos EUA querem vetar série que "propaga comunismo"

O projeto de adaptação de O Problema Dos Três Corpos está sendo sendo desenvolvido por David Benioff e D.B. Weiss, criadores da série Games

26 set 2020
15h26
atualizado em 27/9/2020 às 11h24
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Cinco senadores do Partido Republicano dos Estados Unidos, o mesmo do presidente Trump, pediram à Netflix que reconsidere a decisão de transformar em série o best-seller sci-fi O Problema Dos Três Corpos. O motivo? O autor Liou Cixin é chinês e propaga a "perigosa propaganda" do Partido Comunista.

O projeto de adaptação de O Problema Dos Três Corpos está sendo sendo desenvolvido por David Benioff e D.B. Weiss, criadores da série Games of Thrones, em parceria com o cineasta Rian Johnson, que dirigiu Guerra nas Estrelas: O Último Jedi, e com produção da empresa de entretenimento Plan B, de Brad Pitt.

Foto: Divulgação/HBO / Pipoca Moderna

Embora os senadores não tenham acusado este quarteto, afirmam que o autor chinês é comunista, apontando uma entrevista que ele concedeu à revista The New Yorker em junho.

Ao ser questionado sobre o destino da minoria muçulmana uigur, alvo de detenções em massa em campos de concentração na China, Liu Cixin defendeu as autoridades chinesas.

"Você preferiria que [os uigures] estivessem mutilando corpos em estações de trem e escolas em ataques terroristas?", respondeu Liu. "De qualquer maneira, o governo está ajudando sua economia e tentando tirá-los da pobreza", completou o escritor ao The New Yorker.

Em seu recente lançamento Mulan, a Disney também agradeceu as autoridades chinesas da região em que as detenções em massa ocorreram - e onde a adaptação da fábula chinesa foi filmada.

Os senadores não acusaram a Disney de defender o comunismo chinês, mas enviaram uma carta ao chefe de conteúdo da Netflix, Ted Sarandos, denunciando Liu por "repetir como um mantra a perigosa propaganda" do Partido Comunista.

Os políticos afirmam que a empresa americana está "proporcionando uma plataforma para Liu produzir este projeto".

"Pedimos à Netflix que reconsidere seriamente" a decisão, conclui o texto.

"O Problema dos Três Corpos" é o primeiro livro de uma trilogia composta ainda por "A Floresta Sombria" e "O Fim da Morte". Todos foram lançados no Brasil pela editora Suma.

Foto: Reprodução / Pipoca Moderna

Ao anunciarem a adaptação, os criadores de "Game of Thrones" descreveram a obra de Liu Cixin como "a saga de ficção científica mais ambiciosa que já lemos, levando os leitores em uma jornada dos anos 1960 até o fim dos tempos, da vida em nosso ponto azul aos limites distantes do universo". "Esperamos passar os próximos anos de nossas vidas trazendo isso à vida para o público em todo o mundo", acrescentaram Benioff e Weiss.

Os produtores e a Netflix não comentaram a politização da série pelos congressistas, cujo tom ressuscita a antiga Caça às Bruxas realizada por políticos americanos entre o final dos anos 1940 e todos os anos 1950.

Durante um período atualmente considerado vergonhoso da História americana, congressistas atacaram Hollywood por fazer propaganda comunista e chegaram a ordenar a prisão de pessoas que se recusaram a denunciar colegas de profissão. A pressão política da extrema direita levou vários roteiristas a serem incluídos numa Lista Negra e proibidos de trabalhar na indústria cinematográfica.

Esta perseguição só acabou em 1960, quando o ator e produtor Kirk Douglas desafiou os políticos e arriscou sua reputação ao contratar o "proibidão" Dalton Trumbo para assinar o roteiro de "Spartacus". O filme não só se tornou um dos maiores sucessos de bilheteria do cinema americano como venceu quatro Oscars.

Veja também:

Carol Francischini treina na varanda de sua casa
Pipoca Moderna Pipoca Moderna
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade