PUBLICIDADE

Nanda Costa e Lan Lahn anunciam gravidez e sofrem ataques homofóbicos

28 jun 2021 14h39
| atualizado às 14h45
ver comentários
Publicidade
Foto: Instagram/Nanda Costa / Pipoca Moderna

A atriz Nanda Costa e a percussionista Lan Lahn anunciaram no domingo, durante uma entrevista ao "Fantástico", que serão mães. A atriz está no quinto mês de gestação e espera duas meninas gêmeas. Só que a novidade, celebrada por vários amigos famosos e fãs das artistas, acabou originando uma onda de ódio nas redes sociais.

Parte da reação misógina e homofóbica atingiu até a atriz Emanuelle Araújo, que será madrinha de uma das meninas. Ao comemorar o anúncio da gestação, seu perfil no Instagram foi inundado por mensagens virulentas.

Entre as mensagens de ódio publicáveis, algumas sugeriam que "o mundo está mesmo de cabeça pra baixo" porque um casal lésbico espera filhas. Também teve quem mandasse Nanda "caçar um homem". E até quem, sem entender como bebês são concebidos, quis saber se "elas fizeram o filho uma na outra? Esse filho foi gerado entre elas?".

As mensagens preconceituosas foram amplamente repudiadas pela maioria dos seguidores das artistas.

Juntas a sete anos, Nanda Costa e Lan Lahn revelou no "Fantástico" ter escolhido o método de fertilização in-vitro e que foram necessárias três tentativas até Nanda engravidar. Devido à idade de Lan Lahn, que tem 53 anos, apenas os óvulos da atriz, que tem 34 anos e são mais viáveis, foram usados.

A gravidez também vem num momento delicado para Lan Lanh, que perdeu o pai há dois meses em decorrência da covid-19. "A notícia de duas crianças está sendo tão boa de dar para a família. […] Dá uma esperança", ela afirmou no "Fantástico".

Em seus perfis no Instagram, Nanda e Lan Lahn celebraram a notícia e anunciaram o sexo das crianças. "Um segredo guardado com muito carinho! Somos quatro. Duas mães e duas filhas", escreveram.

O nascimento é esperado para outubro.

Pipoca Moderna Pipoca Moderna
Publicidade
Publicidade