0

Mariah Carey diz estar em tratamento para transtorno bipolar

11 abr 2018
15h45
atualizado às 16h47
  • separator
  • 0
  • comentários

A cantora pop Mariah Carey revelou nesta quarta-feira (11) que sofre de transtorno bipolar, dizendo à revista People que foi diagnosticada em 2001, mas que só recentemente começou a usar remédios.

Em uma entrevista à People, Mariah contou que recebeu o diagnóstico ao ser hospitalizada devido a um colapso emocional e físico sofrido aproximadamente na época de "Glitter", filme de 2001 muito mal recebido pela crítica.

Mariah Carey durante show de Ano Novo em Nova York
Mariah Carey durante show de Ano Novo em Nova York
Foto: Reuters

Ela disse que não queria acreditar no problema e que só procurou tratamento recentemente.

"Eu vivia em negação e isolamento e com o medo constante de que alguém iria me expor", confessou a artista à publicação especializada em celebridades.

"Era um fardo pesado demais para carregar, e eu simplesmente não consegui mais fazê-lo. Busquei e recebi tratamento, coloquei pessoas positivas ao meu redor e voltei a fazer o que amo - compor canções e fazer música".

Mariah, uma das artistas musicais mais bem-sucedidas do mundo com 200 milhões de discos vendidos e sucessos como "We Belong Together", disse estar usando medicamentos para o transtorno bipolar tipo II, marcado por oscilações de temperamento menos graves situadas entre a depressão e a hiperatividade.

"Durante muito tempo achei que tinha um transtorno do sono grave", explicou. "Mas não era uma insônia normal, não ficava acordada contando carneirinhos. Estava trabalhando e trabalhando e trabalhando... estava irritadiça e com um medo constante de decepcionar as pessoas. Acontece que eu estava vivendo uma forma de mania. Em algum momento eu teria uma crise", disse ela à revista.

Ela revelou estar tomando um remédio "que não está me fazendo sentir muito cansada ou lenta" e que está trabalhando em um novo álbum previsto para o final deste ano.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade