3 eventos ao vivo

Jornal: empresária denuncia esquema para Claudia Leitte captar recursos

2 ago 2013
07h29
atualizado às 07h33
  • separator
  • 0
  • comentários

De acordo com a coluna de Leo Dias, do jornal O Dia, a empresária Sueli Dias, dona da TeleEventos, denunciou  a existência de um esquema para que Claudia Leitte receba do Governo Federal a autorização para captação de verbas através da Lei Rouanet. A cantora grava neste sábado (3), o seu terceiro DVD em Recife, na Arena Pernambuco e, por trás da superprodução, está uma série de credores que reclamam de falta de pagamento de serviços prestados para as empresas da cantora.

<p>Claudia Leitte gravar seu novo DVD no dia 3 de agosto em Recife</p>
Claudia Leitte gravar seu novo DVD no dia 3 de agosto em Recife
Foto: Caio Duran / AgNews

Sueli Dias fez uma consulta e descobriu que Claudia Leitte tem oito empresas com diferentes CNPJs, algumas delas abertas junto com a mãe. Quase todas tem dívidas e, portanto, estão com nome sujo. A única empresa com nome limpo era a 2Ts Entretenimento, que obteve autorização do Ministério da Cultura no início de 2013 para captar R$ 5,8 milhões pela Lei Rouanet. O Governo só permite que empresas com nome limpo possam captar recursos na área cultural.

Sueli disse ao colunista Leo Dias que aguarda o pagamento de uma dívida de R$ 120 mil. Ela já teria trabalhado com Claudia Leitte em outros anos e este é o primeiro que não recebe o que foi combinado. A empresa foi responsável pelo credenciamento do hotel, do camarote e do bloco Largadinho, em Salvador, no último Carnaval. A dona da TeleEventos disse ainda que a Ciel, a empresa que possui mais dívidas, deve ser fechada para que a 2Ts concentre os contratos de trabalho da cantora. A 2Ts afirmou que a empresa de Sueli não cumpriu os serviços acordados no contrato.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade