PUBLICIDADE

Conheça os integrantes e as primeiras polêmicas do "BBB 22"

14 jan 2022 21h24
| atualizado às 22h38
ver comentários
Publicidade
Foto: Divulgação/Globo / Pipoca Moderna

A Globo revelou nesta sexta (14/1) a lista dos integrantes do "Big Brother Brasil" de 2022.

Entre os famosos, foram confirmados quase todos os nomes especulados.

A relação inclui os atores Arthur Aguiar ("Malhação"), Douglas Silva ("Samantha!") e Maria ("Amor de Mãe"), a dançarina Brunna Gonçalves (vista nos clipes da esposa Ludmilla), a influencer Jade Picon, o surfista Pedro Scooby e o atleta Paulo André Camilo.

O detalhe é que, na comparação com a lista dos Pipocas, os integrantes do Camarote desta edição tem três nomes a menos. São sete famosos e dez (até então) "anônimos".

A contagem coincide com a revelação, feita na quarta (12/1), de que três pessoas selecionadas para o "BBB 22" estão contaminadas com covid-19.

Em comunicado, a emissora explicou que, durante as testagens, três participantes deram positivo para o coronavírus.

"Como parte do protocolo, são realizados testes em todos os participantes e, durante essa rotina, três deles, que estarão no elenco desta edição, testaram positivo. Todos estão com as respectivas vacinas em dia - item obrigatório para a participação no reality -, passam bem, continuam isolados e estão sendo acompanhados por uma equipe médica. E, mesmo ansiosos para começarem a viver na casa mais vigiada do Brasil, assim permanecerão até que seja seguro deixarem o isolamento", disse o texto oficial.

Esta contaminação terá impacto na dinâmica do jogo. Segundo a Globo, os três positivados entrarão depois dos demais na casa do "BBB 22".

"Quando estiverem liberados pelos médicos, se unirão aos outros participantes, de um jeito inovador e sem prejuízo das dinâmicas do jogo", acrescentou o comunicado.

Aparentemente, seus nomes também serão mantidos em segredo até eles entrarem no reality show.

Apesar dos famosos, quem deve movimentar o programa são os anônimos, como tem sido nos últimos anos. E a seleção da Globo revela uma aposta na polarização política como chamariz de público.

Além de não ter vetado discussões sobre Bolsonaro e Lula, a produção do "BBB 21" incluiu pelo menos um bolsonarista declarado na turma da Pipoca: Lucas Bissoli, que já curtiu vários posts de Bolsonaro, compartilhou vídeos dos filhos do presidente e deixou registros favoráveis ao político polêmico em seu Facebook.

A lista tem ainda uma Miss Pernambuco intelectual, um ator de canal infantil do YouTube que curte pornô, a inevitável relações públicas/modelo com posts sensuais no Instagram, vários candidatos a galãs e uma conta interessante: 7 dos 17 integrantes são negros.

Os perfis indicam pessoas capazes de gerar muitos conflitos na casa mais vigiada do Brasil. Só como aperitivo: a pipoqueira Natália Deodato até curtiu post de campanha para impedir Arthur Aguiar de entrar no BBB 22, devido às muitas infidelidades assumidas em seu casamento com a ex-BBB Mayara Cardi.

Confira abaixo, por ordem de apresentação, quem serão os astros que movimentarão o público da televisão brasileira a partir da noite de segunda-feira (17/1).

Pipoca Moderna Pipoca Moderna
Publicidade
Publicidade