PUBLICIDADE

Como Davi dá munição aos inimigos para destruírem sua imagem pública 

Campeão do ‘BBB24’ parece perdido em relação a seu poder midiático e arrisca cair no esquecimento como tantos outros ex-BBBs

29 mai 2024 - 14h22
Compartilhar
Exibir comentários

Autor de ‘1984’, livro que inspirou a criação do ‘Big Brother’, o britânico George Orwell era um excelente frasista. Uma de suas sentenças serve de lição a Davi, campeão do ‘BBB24’. “Em tempos de engano universal, falar a verdade torna-se um ato revolucionário.” 

As diferentes versões sobre o financiamento de sua viagem ao Rio Grande do Sul, a fim de ser voluntário no amparo às vítimas das enchentes, geraram uma crise de imagem que corroeu parte relevante de sua credibilidade. 

Em nome da transparência, ele deveria ter dito desde o início se usou ou não dinheiro da vaquinha on-line. Aliás, o erro inaugural foi ter indicado a própria conta bancária para os depósitos. Talvez ingênuo, certamente equivocado. 

Após ele mesmo despertar desconfiança, pouco adianta mostrar notas fiscais. O estrago no marketing pessoal está consumado e não será revertido a curto prazo. A dúvida sobre a efetividade de sua presença no Sul – onde tirou várias fotos posando diante de doações – também contribuiu para mantê-lo na berlinda. 

A antipatia piorou quando ele respondeu aos questionamentos sobre o uso do dinheiro arrecadado com argumento previsível: racismo. Já recorreu tantas vezes a essa defesa que banalizou um problema real. Sim, ele é alvo de racistas. E também de xenofóbicos por ser nordestino, e ainda de etilistas intolerantes a pobres que ascendem economicamente. 

Entretanto, Davi erra ao sempre culpar a discriminação racial por suas próprias falhas e pela compreensível indagação popular a respeito de seus atos. Essa vitimização excessiva e pouco crível ajuda a derreter o carisma que o catapultou à vitória no reality show da Globo. 

Na sequência do mal-estar envolvendo a tragédia climática, outro deslize: ele gravou vídeo conduzindo uma lancha. As redes sociais reagiram perguntando se o novo milionário possui a necessária autorização para pilotar. O que seria um simples passeio virou mais um tropeço na construção de sua imagem pós-BBB. 

A desilusão de alguns fãs em razão das controvérsias resultou na queda do número de seguidores na internet. Pesa contra Davi a mesma dificuldade que pulverizou a fama de outros vencedores do reality: a falta de um projeto de carreira na mídia. 

Ela continua a manifestar o desejo de estudar Medicina ao mesmo tempo em que sinaliza a intenção de ser uma celebridade com vida exposta. Para isso, será imprescindível ter coerência no que diz e faz, produzir conteúdo não baseado em ostentação e, principalmente, parar de criar polêmicas que abastecem seus desafetos. 

A visibilidade a campeões do ‘Big Brother Brasil’ dura cada vez menos. A maioria desaparece semanas ou poucos meses após o triunfo. Davi deve reagir rápido se não quiser acabar ofuscado. Precisa encontrar gente competente para orientá-lo. “A história é escrita pelos vencedores”, afirmou George Orwell. Quem dá papel e caneta ao inimigo não pode reclamar de injustiças.

Parte do brilho midiático de Davi já se apagou após a sequência de polêmicas desde a vitória no 'BBB'
Parte do brilho midiático de Davi já se apagou após a sequência de polêmicas desde a vitória no 'BBB'
Foto: Reprodução
Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
Compartilhar
Publicidade
Publicidade