2 eventos ao vivo

Mad Box quer desbancar PS4 e Xbox One: será que consegue?

Conheça o console que está sendo desenvolvido para desbancar o PlayStation 4 e o Xbox One. Será que consegue?

22 jan 2019
08h44
atualizado em 23/1/2019 às 10h08
  • separator
  • comentários

Tanto PlayStation quanto Xbox tomam conta do mercado a cada novo harware lançado, com a Nintendo correndo por fora dentro estrita ao seu próprio, digamos, segmento. Mas, e se viesse uma nova opção, com um console que rode nativamente em 4K com realidade virtual a 60 FPS (frames por segundo)? Pois é exatamente isso que os ingleses do Slightly Mad estão prometendo: o console mais poderoso já construído até hoje.

 

 

Ian Bell, presidente e fundador do Slightly Mad, revelou em sua conta no Twitter as primeiras imagens do projeto do novo console. Com dois botões analógicos, um d-pad, quatro botões frontais, dois botões de precisão e dois gatilhos, ele tem controles que lembram bastante os do Xbox One.

O console tem design futurista e painel em LED que mostra informações sobre o  game que está sendo jogado
O console tem design futurista e painel em LED que mostra informações sobre o game que está sendo jogado
Foto: Slightly Mad / Reprodução

O grande diferencial é o painel em LED do aparelho e do controle, que mostra as horas, identifica a eliminação de um jogador em uma partida e indica a velocidade de um veículo ― e aqui vale lembrar que o Slightly Mad é especializado em desenvolver games de corrida, como a série Project CARS e títulos como Need for Speed: Shift, Test Drive: Ferrari Racing Legends e Red Bull Air Race: The Game. De qualquer modo, atualmente nenhum console do mercado exibe essas informações em seu painel frontal.

O controle lembra o do Xbox, mas...
O controle lembra o do Xbox, mas...
Foto: Slightly Mad / Reprodução
...Tem um painel em LED que mostra informações sobre o game - inclusive quando você morre!
...Tem um painel em LED que mostra informações sobre o game - inclusive quando você morre!
Foto: Slightly Mad / Reprodução

O projeto Mad Box é ambicioso, mas o mercado recebeu a notícia de forma bem cética, afinal, é bem complicado para um estúdio especializado em desenvolver games assumir um hardware para competir com os “monstros” da Sony e da Microsoft. Além disso, vale lembrar o projeto Ouya: um belíssimo microconsole que tinha tudo para ser revolucionário, mas seu fiasco comercial decretou sua “morte”, em 2015.

 

Geek

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade