PUBLICIDADE

Por que a Pixar está perdendo tanto público?

O estúdio registrou sua pior bilheteria na história com 'Elementos' e enfrenta uma crise criativa.

12 jul 2023 - 12h57
(atualizado às 15h47)
Compartilhar
Exibir comentários
'Elementos', novo filme da Disney e Pixar.
'Elementos', novo filme da Disney e Pixar.
Foto: Divulgação/Pixar Animation Studios / Estadão

Será que estamos começando a nos desiludir com as animações da Pixar? O mais recente fracasso de bilheteria da Pixar, 'Elementos', que atualmente arrecadou cerca de 30 milhões frente a um orçamento de 200 milhões, ligou um sinal de alerta entre os executivos do estúdio. Mas essa não é a primeira vez que isso acontece nos últimos 3 anos. É o que nos explica o colunista Ygor Palopoli no vídeo abaixo!

A Pixar está com os dias contados?:

Existem, em nossa visão, três motivos contribuintes para esta crise. O primeiro motivo é a ascensão de novas animações, como 'Homem Aranha no Aranhaverso' e 'Gato de Botas'. Elas trouxeram novo respiro ao gênero, com traços, propósitos e mensagens distintas, e muitas delas têm sido muito bem-sucedidas em estúdios como Sony e Netflix.

Em contraste, a Pixar parece estar ficando um pouco para trás, repetindo suas fórmulas de filme a filme sem se reinventar. Por exemplo, 'Elementos' possui muitas semelhanças com 'Soul' e 'Divertidamente', enquanto 'Red: Crescer é uma Fera' lembra muito 'Encanto'. Aparentemente, a Pixar está repetindo suas fórmulas com personagens e temas apenas levemente diferentes, sem muita inovação.

Um segundo motivo para a queda da Pixar pode ser a sua priorização das plataformas de streaming, especificamente o Disney Plus, sobre os lançamentos nos cinemas. Filmes como 'Luca', 'Dois Irmãos' e 'Red: Crescer é uma Fera' tiveram pouco investimento de marketing pros cinemas e mais foco no streaming. Embora isso possa ser confortável para muitos espectadores, para a Disney, isso não é necessariamente benéfico.

Cena de 'Red: Crescer é uma Fera'
Cena de 'Red: Crescer é uma Fera'
Foto: Divulgação Disney

A combinação desses três fatores – a repetição de fórmulas de animação, a priorização do streaming e a competição de novas animações – está complicando o cenário para a Pixar. Mas o que você pensa sobre isso? Você ainda gosta das animações da Pixar? Qual é a sua opinião sobre essa situação? Deixe seus comentários abaixo e não esqueça de nos seguir nas redes sociais para acompanhar o conteúdo completo.

Fonte: Ygor Palopoli
Compartilhar
Publicidade
Publicidade