4 eventos ao vivo

Joaquin Phoenix será o Coringa em filme solo de orçamento "modesto" da "DC Dark"

Presença de Phoenix não significa que Jared Leto deixará de viver o Palhaço do Crime em projetos futuros da Warner Bros.

13 jun 2018
17h25
atualizado às 17h31
  • separator
  • comentários

Depois de tentar desconversar, Joaquin Phoenix foi confirmado em um filme com ênfase na história de origem do Coringa, maior vilão do cânone dos quadrinhos da DC Comics. O ator de Ela, Johnny & June e O Mestre será o Palhaço do Crime em um filme que terá a direção de Todd Phillips, da trilogia Se Beber, Não Case!. O roteiro será assinado por Phillips em conjunto com Scott Silver, de 8 Mile - Rua das Ilusões.

Segundo informações do site The Hollywood Reporter, o projeto, ainda sem título, deve começar a ser rodado entre setembro e dezembro deste ano. Phillips deve receber um modesto orçamento de US$ 55 milhões para realizar o filme que chega em um momento em que — com a exceção de Mulher-Maravilha — as adaptações da DC feitas pela Warner Bros. são muito questionadas.

O custo do filme do Coringa será bem menor do que o de outros projetos recentes baseados em quadrinhos da DC Comics. Como comparativo, Mulher-Maravilha, Batman Vs Superman - A Origem da Justiça e Liga da Justiça custaram, respectivamente, US$ 149 milhões, US$ 250 milhões e US$ 300 milhões. Após o fracasso comercial de Liga da Justiça, uma produção como o novo filme do Coringa pode ajudar a aliviar os gastos dos cofres da Warner e ser mais rentável. Ainda não foram divulgados muitos detalhes sobre o projeto, mas pode ser que o filme mire em repetir o sucesso de outra produção recente sobre um personagem controverso. O primeiro Deadpool custou US$ 58 milhões, trouxe um bom roteiro e não economizou nas cenas de violência necessárias para se contar a história de um anti-herói como o Mercenário Tagarela e colheu ótimos frutos nas bilheterias e resenhas animadas dos críticos.

Foto: Tristan Fewings/Getty Images / AdoroCinema

Arte de fã que imagina Joaquin Phoenix como o Coringa.

Ainda de acordo com o The Hollywood Reporter, o filme estrelado por Phoenix pode dar início a uma nova abordagem de adaptações da DC promovida pela Warner. O longa-metragem pode ser o primeiro lançamento de uma iniciativa que pode se chamar "DC Dark" ou "DC Black", com filmes separados do Universo Estendido da DC (DCEU, na sigla em inglês). Sendo assim, a presença de Phoenix não ameaça novas atuações de Jared Leto no papel de Coringa em uma sequência de Esquadrão Suicida, por exemplo.

O veterano Martin Scorsese, citado em rumores como possível produtor executivo do projeto, não foi mencionado na matéria do THR, mas isso não significa que o cineasta novaiorquino esteja fora de fora do filme.

Não está claro se The Batman, filme sobre o Homem-Morcego que não terá Ben Affleck no papel principal, também vai integrar a possível iniciativa "DC Dark".

AdoroCinema

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade