0

Paraíso do Tuiuti presta assistência às vítimas de acidente

28 fev 2017
09h30
atualizado às 10h25
  • separator
  • 0
  • comentários

O Grêmio Recreativo Escola de Samba Paraíso do Tuiuti, cujo carro alegórico provocou acidente na noite de domingo (26) na Marquês de Sapucaí, ferindo cerca de 20 pessoas, três delas em estado preocupante, está prestando assistência às vítimas. A escola abriu o desfile do Grupo Especial, no Sambódromo do Rio de Janeiro.

Pelo menos oito pessoas ficaram feridas, dois com gravidade, após serem esmagadas por um carro alegórico do Paraíso do Tuiuti, escola que abriu o primeiro dia de desfiles do Carnaval do Rio.
Pelo menos oito pessoas ficaram feridas, dois com gravidade, após serem esmagadas por um carro alegórico do Paraíso do Tuiuti, escola que abriu o primeiro dia de desfiles do Carnaval do Rio.
Foto: EFE

O diretor de Carnaval da escola, Leandro Azevedo, visitou na tarde de ontem  (27) duas pacientes que se encontram no Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro do Rio de Janeiro, onde transmitiu o compromisso da escola de arcar com os custos da recuperação no pós-operatório, da fisioterapia, informou a assessoria de imprensa da agremiação.

Foi uma fatalidade o que ocorreu, avaliou a escola. Informou que outros acidentes já ocorreram no local, mas sem vítimas. De acordo com a Paraíso do Tuiuti, os carros alegóricos pesam toneladas e estão sujeitos a alguma falha humana ou mecânica. "A escola tem que correr atrás do prejuízo dela e ajudar as pessoas", disse a assessoria.

Veja também:

 

Agência Brasil Agência Brasil
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade