3 eventos ao vivo

Festival Internacional de Quadrinhos começa hoje em BH

O evento traz lançamentos da Maurício de Sousa Produções e homenagens ao quadrinista Laerte

13 nov 2013
10h46
atualizado às 10h46
  • separator
  • comentários

Começa hoje (13), em Belo Horizonte, o oitavo Festival Internacional de Quadrinhos. O evento, promovido pela Fundação Municipal de Cultura, é gratuito e aberto ao público e traz mais de 80 convidados da cena nacional e internacional dos quadrinhos.

<p>O cartunista e humorista Laerte será o homenageado da oitava edição do Festival Internacional de Quadrinhos</p>
O cartunista e humorista Laerte será o homenageado da oitava edição do Festival Internacional de Quadrinhos
Foto: Fernando Borges / Terra

O FIQ levará para Belo Horizonte exposições, artistas de estilos distintos, debates, oficinas e estandes que celebram o gênero. Entre os expositores está Sidney Gusman, jornalista responsável pelo Planejamento Editorial da Maurício de Sousa Produções e editor-chefe do Universo HQ, site especializado em histórias em quadrinhos. No ano em que se comemora o jubileu da principal personagem do cartunista Maurício de Sousa, Gusman levará ao FIQ novidades da Turma da Mônica, como as próximas graphic novels, e o livro ‘Mônica(s)’, lançado pela editora Panini. A publicação conta com ilustrações de 150 artistas nacionais e internacionais que desenham a Mônica em uma série de pin-ups.

“O FIQ se tornou o grande polo de lançamentos nacionais. Quase todo quadrinista independente lança seu quadrinho no FIQ, porque lá vende mesmo”, afirma o jornalista. “O único pecado do FIQ é que é bienal. É a data mais aguardada para quem é fã de quadrinhos”, completa. Os lançamentos da Maurício de Sousa Produções estão previstos para sexta-feira (15) e Sidney Gusman garante que agradará ao público. “Vai ser uma festa muito legal, com muitas surpresas. O anúncio de personagens e autores fará o pessoal cair duro”, se diverte. Os produtos serão comercializados no festival e o jornalista já deu uma prévia na internet de como será a graphic novel do personagem Piteco.

O ilustrador Fábio Coala é outro convidado do evento. Conhecido pelos fãs de quadrinhos pelo site Mentirinhas, no qual publica tirinhas diárias com personagens e temas cotidianos - além de experiências pessoais -, Coala participará de um painel sobre financiamento coletivo nesta quinta-feira (14) e estará no estande Webcomics, onde comercializará produtos de seu trabalho. “O convite para participar do FIQ 2013 veio logo depois que financiei a graphic novel ‘O Monstro’ pela internet. O valor foi alcançado em pouco mais de 24 horas e em três dias todas as opções de apoio foram esgotadas”, afirma.

Coala celebra a participação no festival, que segundo o cartunista serve para troca de ideias e experiências. “É o maior evento de quadrinhos que temos. Além do contato com um público enorme, fazemos contato entre os artistas nacionais e internacionais. Dos mais novatos, como eu, até os grandes mestres, como Laerte. É o que há de melhor nos quadrinhos nacionais reunido numa grande festa”. O contato com o público também é lembrado por Sidney Gusman. “O contato é mágico, é o único lugar em que sou famoso”, brinca o jornalista. O representante da Maurício de Sousa Produções afirma que gosta de passear pelo evento para conhecer leitores e quadrinistas.

A edição deste ano do Festival Internacional de Quadrinhos presta homenagens ao quadrinista Laerte Coutinho. Criador dos Piratas do Tietê, Overman, Homem-Catraca, Hugo/Muriel e dos Los Três Amigos – esses, em parceria com Angeli, Glauco e Adão Iturrusgarai -, o cartunista participa de um bate-papo sobre sua carreira no domingo (17) e será o centro das atividades do FIQ. “É um gênio do quadrinho nacional, é sensacional a lembrança ao nome dele”, diz Sidney Gusman. “Sou muito fã dele, gerações mais novas deveriam beber muito dessa fonte”, completa. Com décadas de carreira, Laerte Coutinho colaborou com diversas publicações e trará ao evento toda sua experiência no cenário.

O FIQ acontece até este domingo (17) e também terá a presença do internacional George Pérez, um dos artistas mais importantes do quadrinho norte-americano que já passou por títulos como ‘Vingadores’, ‘Os Novos Titãs’, ‘Quarteto Fantástico’, ‘Liga da Justiça’ e ‘Mulher Maravilha’. Ivo Millazo, criador de Ken Parker, também participará do festival, além de Jérémie Nsingi, primeiro quadrinista africano a prestigiar o evento. Dos 85 convidados, 18 são internacionais, vindos dos EUA, Argentina, França, Itália, Alemanha e República Democrática do Congo e 32 de Minas Gerais. Por acontecer em Belo Horizonte, o evento destacará a força da cena local. A edição deste ano também trará uma inédita rodada de negócios e estará presente nos principais canais da internet. O público poderá acompanhar os lançamentos e participantes pelas redes sociais do evento.

FIQ – Festival Internacional de Quadrinhos

Data: 13 a 17 de novembro

Local: Serraria Souza Pinto

Av. Assis Chateaubriand, 809

Entrada gratuita e aberta ao público

Mais informações: http://www.fiqbh.com.br/

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade