PUBLICIDADE

Programas sociais mostram crescimento do País

Ações sociais e de cidadania do Governo Federal comprovam a retomada do crescimento e a criação de oportunidades no País

27 dez 2018 16h27
| atualizado às 19h06
ver comentários
Publicidade

Em dois anos e sete meses, o Governo Federal adotou uma série de medidas para superar a crise e recuperar o desenvolvimento, deixando um legado relevante para o País. Um crescimento social e econômico, que vem acompanhado de baixa da inflação, aumento da produção industrial, oferta de empregos, geração de renda e reforço a programas sociais, com foco na redução da desigualdade e na geração de emprego.

O Brasil de 2018 é um País calejado, em que a população passou por momentos difíceis, mas deu a volta por cima. Os brasileiros são os protagonistas dessa mudança, que com o apoio do Governo e as ferramentas necessárias para que pudessem melhorar de vida, seguiram adiante. 

E não se avança sem coragem, competência e atitude para buscar a renovação. E sobretudo a ciência de que o que está em curso ainda não foi finalizado, embora tenha sido construído um caminho para o futuro.

Auxílio financeiro

O Governo Federal atuou para garantir os benefícios de famílias e municípios mais afetados durante a crise econômica. Até junho, foram quase 14 milhões de famílias beneficiadas pelo programa Bolsa Família.  Em 2017, pela primeira vez na história do projeto, a fila de acesso ao programa foi zerada.

Em relação ao Minha Casa Minha Vida, programa que subsidia casas para grupos de renda, a atual administração construiu 1,076 milhão de unidades habitacionais, com investimento de R$ 135,3 bilhões em todo o território nacional, no período de maio de 2016 a julho de 2018.

Minha Casa, Minha Vida: a atual administração construiu 1,076 milhão de unidades habitacionais, com investimento de R$ 135,3 bilhões em todo o território nacional, no período de maio de 2016 a julho de 2018
Minha Casa, Minha Vida: a atual administração construiu 1,076 milhão de unidades habitacionais, com investimento de R$ 135,3 bilhões em todo o território nacional, no período de maio de 2016 a julho de 2018
Foto: Beth Santos/ Secretaria Geral da PR / Rio de Janeiro

A atual gestão também lançou dois processos seletivos, em 2017, para o Programa Cartão Reforma. A ação foi voltada aos municípios que decretaram situação de calamidade naquele ano.

Os 40 municípios aprovados contaram com recursos de R$ 37 milhões.

O Governo também realizou outras ações para beneficiar a população. Na saúde, destaque para a entrega de 1320 ambulâncias para a renovação da frota do Samu em 866 municípios, distribuídos por 26 Estados e no Distrito Federal, com significativa renovação da frota.

Infraestrutura e meio ambiente 

Já na área de infraestrutura, em destaque para população nordestina, o Governo Federal deu prioridade à conclusão do Projeto de Integração do Rio São Francisco. O Eixo Leste, com 217 quilômetros, foi inaugurado em março de 2017 e já abastece mais de 1 milhão de pessoas em 32 municípios nos Estados de Pernambuco e da Paraíba.

O Eixo Norte, por sua vez, vai beneficiar 7,1 milhões de pessoas de 223 cidades de Pernambuco, do Ceará, da Paraíba e do Rio Grande do Norte. A previsão é de que a água do Rio São Francisco corra por todos os canais ainda neste ano.

O meio ambiente foi outra pauta vencedora da atual gestão: o Brasil ampliou neste ano a sua área de proteção marinha com a criação de duas unidades de conservação federais nos Estados de Pernambuco e Espírito Santo. 

A ação torna o País um dos líderes globais na proteção do bioma marinho, passando de 1,5 % para 25% de suas águas jurisdicionais protegidas.

 

Fonte: TC
Publicidade
Publicidade