PUBLICIDADE

Calmon: espaçoso, Citroën C3 Aircross agrada na dirigibilidade

Veja análise de nosso colunista Fernando Calmon sobre um dos principais lançamentos do ano, o Citroën C3 Aircross, SUV compacto familiar

8 dez 2023 - 11h11
(atualizado em 13/12/2023 às 12h04)
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
O Citroën C3 Aircross possui visual moderno, é o maior porta-malas do segmento, oferece bom comportamento direcional, além de estabilidade e freios dentro da média do segmento. Seu preço varia de R$ 109.990 a 129.990 e versões de sete lugares acrescentam entre R$ 8.000 a R$ 10.000.
Citroën C3 Aircross
Citroën C3 Aircross
Foto: Stellantis / Guia do Carro

Em um mercado com grande oferta de SUVs no segmento B a Citroën precisava inovar. Na faixa de compactos a opção de sete lugares é inédita e o único concorrente indireto, o monovolume Spin, tem distância entre eixos menor (2.620 mm contra 2.675 mm do modelo francês). O C3 Aircross exibe um visual moderno com destaque para as lanternas traseiras, um perfil arrojado e rodas de 16 ou 17 polegadas.

O espaço interno o coloca no mesmo nível dos principais concorrentes graças ao generoso entre-eixos, embora a vantagem para o Duster, por exemplo, seja de ínfimos 2 mm. Em relação ao C3 os 63 mm a mais na largura garantem conforto para cinco ocupantes, inclusive nas dimensões de acesso ao banco traseiro. A terceira fileira proporciona espaço razoável somente para crianças na faixa de até 12 anos.

Dirigimos o Citroën C3 Aircross Turbo na Bahia (sua família vai gostar)

Porta-malas de 493 litros é o maior do segmento (Duster, 473 litros), mas sobram apenas 40 litros se houver sete ocupantes. Os dois bancos da terceira fila são fáceis de retirar e relativamente leves. Destaque para o sistema de climatização no teto para os cinco passageiros que sentam atrás. A versão de sete lugares atrasou e só estará disponível em meados do primeiro trimestre de 2024.

Citroën C3 Aircross
Citroën C3 Aircross
Foto: Stellantis / Guia do Carro

No interior o acabamento é um pouco melhor que o C3, volante continua sem regulagem em distância e interruptores dos vidros permanecem estranhamente no console. Bem adequados ao projeto são o motor 1-litro turbo, 125 cv (G)/130 cv (E), 20,4 kgf·m e o câmbio automático CVT de sete marchas.

Durante a avaliação na Praia do Forte, a 60 km de Salvador (BA), o C3 Aircross mostrou bom comportamento direcional, além de estabilidade e freios dentro da média do segmento que tem nada menos de 15 competidores, incluindo pseudo-SUVs.

Preços: R$ 109.990 a 129.990. Versões de sete lugares deverão acrescentar de R$ 8.000 a R$ 10.000.

Preços e versões do Citroën C3 Aircross, um SUV de 5 ou 7 lugares:
Guia do Carro
Compartilhar
Publicidade
Publicidade