PUBLICIDADE

Milei: Argentina fabrica somente 10 carros vendidos no Brasil

Dos 10 carros de produção argentina vendidos no Brasil, dois já estão saindo de linha, mas um novo vai chegar em breve do país de Milei

9 dez 2023 - 09h43
(atualizado em 13/12/2023 às 12h07)
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
O Brasil depende da Argentina para exportar carros e abastecer 10 carros do país para o mercado interno que são vendidos em 2023, sendo que dois deles serão desativados até o ano.
Toyota Hilux, Peugeot 208, Volkswagen Taos e Ford Ranger: todos fabricados na Argentina
Toyota Hilux, Peugeot 208, Volkswagen Taos e Ford Ranger: todos fabricados na Argentina
Foto: Divulgação / Guia do Carro

O Brasil depende da Argentina para exportar carros, mas não para abastecer o mercado interno. Somente 10 carros produzidos pela Argentina são vendidos atualmente no mercado brasileiro – e dois deles saem de linha ainda este ano. Há expectativa sobre as medidas do novo presidente Javier Milei para o setor

O segmento que tem o maior volume de carros vindos da Argentina é o de picapes, com quatro modelos, mas o maior volume de importações pertence a um sedã. Veja a seguir os 10 carros de produção argentina mais vendidos no Brasil em 2023.

1. Fiat Cronos – O sedã fabricado em Cordoba, Argentina, pela Stellantis é um dos mais competitivos em seu segmento e já soma 44.423 vendas de janeiro a novembro, segundo a Fenabrave. Ele só perde para o Chevrolet Onix Plus, que é produzido no Brasil.

2. Toyota Hilux – Considerada um ícone no segmento de picapes, a Hilux é fabricada em Zárate, Argentina, e já teve 41.856 unidades vendidas este ano. É líder de sua categoria (C-Pick-up), mas está em 3º lugar no segmento geral de picapes, atrás do Fiat Strada e do Fiat Toro.

3. Peugeot 208 – Fabricado em El Palomar, Argentina, pela Stellantis, o hatch francês é o 4º mais vendido no Brasil com 25.994 registros. Recentemente recebeu o motor 1.0 Turbo 200 e, por isso, ganhou o Prêmio Trend Car 2024 na categoria.

4. Ford Ranger – Modelo importantíssimo para a montadora estadunidense, a Nova Ranger é fabricada em General Pacheco, Argentina, e soma 17.902 vendas este ano. É a 7ª picape mais vendida no Brasil e 3ª colocada na categoria.

5. Volkswagen Taos – Considerado o modelo mais tecnológico da marca alemã na América do Sul, o SUV médio é fabricado em General Pacheco, na região de Buenos Aires, e soma 14.225 vendas. Embora seja o 3º da categoria C-SUV, é apenas o 14º utilitário-esportivo mais vendido do Brasil.

Volkswagen Taos: já dirigimos o SUV na pista de testes:

6. Toyota SW4 – Considerado um dos últimos “SUV raiz”, com carroceria sobre chassi e tração 4x4, o modelo derivado da picape Hilux divide a linha de produção em Zárate, Argentina, e soma 14.084 vendas. O SW4 é o 15º SUV mais vendido do Brasil e líder de seu nicho.

7. Nissan Frontier – A picape japonesa é produzida em Córdoba, Argentina, e soma 7.364 unidades. É conhecida por sua qualidade técnica, mas, com poucas versões, ocupa apenas o 10º lugar no segmento.

8. Volkswagen Amarok – Produzida em General Pacheco, a picape V6 poderia ser tão moderna quanto a Nova Ranger, mas a Volkswagen desistiu da parceria. Por isso, a Amarok é apenas a 11ª no ranking do segmento com 7.280 vendas.

9. Chevrolet Cruze Sedan – Produzido em Santa Fé, Argentina, o modelo três-volumes da GM soma apenas 1.103 vendas e deixará de ser fabricado este ano.

10. Chevrolet Cruze Hatch – Assim como o sedã, o modelo hatchback também sai de linha este ano no Brasil e na Argentina. A fábrica de Santa Fé conseguiu emplacar apenas 380 unidades do Cruze Hatch este ano no mercado brasileiro.

Ainda em 2024 chegará um novo modelo da Aegentina para o Brasil. Trata-se da nova geração do Peugeot 2008, que será produzida em El Palomar. Por enquanto, o 2008 vendido no Brasil, da primeira geração, é fabricado pela Stellantis em Porto Real, RJ.

Guia do Carro
Compartilhar
Publicidade
Publicidade