PUBLICIDADE

Grutas de Marte podem servir de abrigo para astronautas em futuras missões

Uma equipe de pesquisadores mapeou pontos no planeta que podem ser capazes de proteger exploradores contra o ambiente hostil

5 nov 2022 - 05h00
(atualizado às 07h44)
Compartilhar
Exibir comentários

Milhares de anos depois, os seres humanos voltaram a procurar por cavernas que servissem de abrigos contra hostilidades da natureza. O detalhe é que desta vez a busca ocorre em outro planeta. Pesquisadores da Sociedade Geológica dos EUA identificaram possíveis pontos habitáveis abaixo da superfície de Marte que podem servir de abrigo para astronautas em eventuais expedições ao planeta. 

As grutas mapeadas seriam grandes o suficiente para dar proteção aos exploradores contra hostilidades do ambiente. 

Marte é apontado como um dos planetas em que uma eventual convivência humana seria mais plausível. Mas ainda conta com aspectos que tornam nossa vida inviável em sua superfície, como temperaturas de até 65 graus Celsius negativos, uma atmosfera sem camada de ozônio (o que ocasiona uma radiação solar extrema) e estar na rota de colisão de asteroides.

Cavernas abaixo da superfície podem abrigar astronautas contra ambiente hostil do planeta
Cavernas abaixo da superfície podem abrigar astronautas contra ambiente hostil do planeta
Foto: Nicolas Lobos / Unsplash

“Tudo na superfície está sujeito a radiação severa, possível bombardeio de meteoritos ou micrometeoritos e grandes variações de temperatura do dia para a noite”, disse Nicole Bardabelias, geocientista da Universidade do Arizona, ao New York Times.

Para detectar os pontos mais amigáveis, o grupo de cientistas procurou por locais até 95 km distantes de potenciais locais de pouso e abaixo de cerca de um quilômetro de elevação, o que dá às espaçonaves mais tempo para desacelerar e pousar em segurança.

“Se você não tiver espaço suficiente entre o momento em que atinge o topo da atmosfera e o local onde deve pousar, será muito, muito difícil para você fazer a sequência de entrada, descida e pouso corretamente”, diz a cientista.

Esses critérios reduziram uma lista de mais de 1.000 cavernas listadas no Mars Global Cave Candidate, catálogo elaborado com base em imagens coletadas por instrumentos a bordo da espaçonave Mars Odyssey e do Mars Reconnaissance Orbiter (MRO), ambos da NASA, a um grupo de 139 locais adequados.

Depois foram consideradas características como tamanho e formato das estruturas, o que reduziu a lista a nove cavernas candidatas a abrigar a vida em Marte. A maior delas tem uma abertura com dimensões de um campo de futebol.

Fonte: Redação Byte
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Seu Terra












Publicidade