PUBLICIDADE

Crescimento de assinantes de streaming nos EUA cai pela metade em 2023

27 fev 2024 - 13h55
Compartilhar
Exibir comentários

O aumento no número de assinantes de serviços de streaming nos Estados Unidos caiu pela metade no ano passado, para 10,1%, segundo dados da empresa de pesquisa Antenna, em outro sinal de que o boom no setor pode ter acabado.

O crescimento do streaming com assinatura premium diminuiu de 21,6% em 2022, mas a expansão geral mais do que dobrou em quatro anos, sinalizando uma tendência constante de renovação de assinaturas.

A gigante do setor Netflix, a Peacock e a Paramount+ foram os serviços que mais cresceram no ano passado, com um total de 242,9 milhões de assinaturas no final de 2023.

A Antenna disse que o streaming está entrando em uma nova fase em que as empresas deixam o foco na expansão do público em massa para o gerenciamento dos assinantes.

No início do boom do streaming, as empresas se concentravam em injetar dinheiro na criação de grandes quantidades de conteúdo para atraírem e reterem assinantes. Os clientes também se inscreveram nos serviços durante a pandemia pois os cinemas estavam inacessíveis.

Desde então, e com as greves em Hollywood no ano passado, as empresas de streaming têm procurado manter baixos os gastos com conteúdo enquanto buscam impulsionar suas ofertas de anúncios publicitários para gerar receita adicional.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade