PUBLICIDADE

Pesquisadores italianos desenvolvem 'tatuagem eletrônica'

Produto teria aplicações na área da saúde

28 nov 2023 - 18h19
(atualizado às 18h22)
Compartilhar
Exibir comentários

Pesquisadores italianos desenvolveram uma tatuagem feita de materiais eletrônicos ultrafinos, capaz de gerar uma sensação tátil.

O dispositivo, com apenas alguns micrômetros de espessura, proporciona estímulos sensoriais para amputados e uma sensação tátil ao controlar braços robóticos ou mover-se em ambientes virtuais.

A ideia foi de Arianna Mazzotta e Virgilio Mattoli, do Centro de Interfaces de Materiais do Instituto Italiano de Tecnologia, e está descrita no periódico Advanced Electronic Materials.

A tatuagem é composta por uma película muito fina, comparável às tatuagens tradicionais para crianças, contendo uma pequena bolsa de ar que infla rapidamente e com precisão, exercendo pressão sobre a pele.

Dessa forma, pode ativar diferentes pontos táteis chamados de pixels táteis.

Esses "taxels" podem ser ativados independentemente, transmitindo diferentes tipos de informações.

O dispositivo é alimentado por uma pequena bateria de baixa voltagem e oferece uma variedade de soluções tecnológicas que podem estabelecer um novo padrão para o futuro. .

Ansa - Brasil   
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade