PUBLICIDADE

É possível 'treinar' o paladar para um novo sabor?

30 nov 2023 - 13h04
Compartilhar
Exibir comentários

A gente costuma muito ouvir sobre pessoas com paladar infantil - ou seja, aquelas não gostam de muitas coisas e nem querem se arriscar a conhecer sabores novos. Mas saiba que há também um movimento contrário: o que envolve quem está sempre em busca de novos estímulos ao seu paladar.

Se você é do segundo time, saiba que há maneiras bem bacanas de "treinar" o seu paladar - meio como se você estivesse indo para a academia e começasse a condicionar os seus músculos. Mas, para fazer isso, é preciso entender primeiro como funciona o nosso gosto.

Como o nosso paladar se forma?

(Fonte: GettyImages)
(Fonte: GettyImages)
Foto:  GettyImages  / Mega Curioso

Na verdade, o sabor que sentimos das comidas é um sistema complexo determinado tanto por questões evolutivas e de sobrevivência (como saber identificar o que está estragado, por exemplo) quanto pela nossa capacidade de detectar os nutrientes de cada alimento.

Embora as papilas gustativas estejam na língua, o sabor envolve uma combinação de vários fatores, entre cheiro, gosto, textura, aparência e som. Tudo isso vai determinar a forma com que percebemos os alimentos. 

Por isso, para poder se abrir a novos sabores, é preciso, de certa forma, treinar os sentidos. Mas é preciso estar disposto a fazer isso.

Como "treinar" o gosto?

(Fonte: GettyImages)
(Fonte: GettyImages)
Foto:  GettyImages  / Mega Curioso

Se parece estranha a ideia de que é possível treinar o próprio gosto para novos sabores, basta só lembrar de dois exemplos: o café e a cerveja. Ambos são alimentos amargos que, à primeira vista, as pessoas tendem a rejeitar quando entram em contato, mas costumam começar a gostar à medida que se acostumam. Ou seja, a gente desenvolve o gosto com o tempo a partir de algumas práticas.

Esse gosto adquirido costuma se relacionar a dois fatores: o contexto social em que o alimento se insere (tomar café, por exemplo, costuma se associar a todo um ritual, assim como beber cerveja tende a ser associado a ocasiões da vida adulta) quanto aos elementos fisiológicos do alimento (como a cafeína presente no café, que causa efeitos que as pessoas costumam gostar).

Se você quer começar a desfrutar de novos sabores que ainda não estão no seu cardápio, há algumas dicas de coisas que é possível fazer. Veja quais são a seguir:

Mega Curioso
Compartilhar
Publicidade
Publicidade