PUBLICIDADE

Centro de pesquisa oferece gratuitamente relatório que mede inteligência

30 nov 2023 - 16h32
(atualizado às 17h35)
Compartilhar
Exibir comentários

Muitos de nós já tivemos a curiosidade, ao menos uma vez na vida, de realizar algum tipo de avaliação para medir a nossa inteligência. Ela é uma das nossas principais habilidades, e para os que desejam algo nesse sentido o CPAH (sigla para Centro de Pesquisa e Análises Heráclito) vai fornecer gratuitamente relatórios de inteligência para os interessados.

O relatório em questão é fornecido para quem já fez testes genéticos realizados pelas empresas MyHeritage, TellmeGen, 23andMe, Ancestry e sequenciamento completo do Nebula. Essa campanha faz parte de um estudo em andamento idealizado pelo Dr. Fabiano de Abreu Agrela, pós-PhD em neurociências e pioneiro em relatório genético que estima o QI de uma pessoa.

Teste oferecido gratuitamente a quem já tem uma análise genética cruza informações para mapear inteligência. (Fonte: GettyImages/Reprodução)
Teste oferecido gratuitamente a quem já tem uma análise genética cruza informações para mapear inteligência. (Fonte: GettyImages/Reprodução)
Foto:   / Mega Curioso

Compreendendo a inteligência

O estudo em questão faz parte do projeto Genetic Intelligence Project (GIP), que tem como principal propósito entender quem somos e estimar o QI de uma pessoa com base em diversos estudos replicados e catalogados. 

O GIP utiliza um banco de dados próprio, de centenas de pessoas com QI testado e comprovado, além de recorrer a bancos de dados externos com milhares de indivíduos. O propósito desses cruzamentos é entender melhor a relação da inteligência com fatores genéticos.

"A inteligência está relacionada a condição do cérebro e a distúrbios, por exemplo, pessoas com esquizofrenia têm a inteligência prejudicada, pessoas com autismo pode ter a cognição prejudicada, assim como entender o TDAH, bipolaridade, entre outros distúrbios que vêm aumentando o número de casos. Através deste relatório, estamos entendendo a diversidade das condições humanas", explicou o neurocientista responsável pelo estudo.

"Houve um caso recente de uma pessoa com depressão, em que a sua psicóloga estava com dificuldades para realizar seu tratamento. Após avaliações, incluindo QI e teste genético, revelou-se uma ligação entre genes e traumas na infância, no caso da paciente, foram abusos sexuais. Ao compreender a origem, a paciente buscou acrescentar dados a sua psicóloga, mas também buscou apoio nutricional e endocrinológico para o tratamento adequado", contou o Dr. Fabiano de Abreu.

Níveis de inteligência mais baixo podem apresentar relação com distúrbios, como a esquizofrenia. (Fonte: GettyImages/Reprodução)
Níveis de inteligência mais baixo podem apresentar relação com distúrbios, como a esquizofrenia. (Fonte: GettyImages/Reprodução)
Foto:   / Mega Curioso

Como participar?

Para participar e receber seu relatório de inteligência totalmente gratuito basta entrar em contato com o CPAH, uma revenda Nebula, que é um laboratório vinculado a Harvard, nos Estados Unidos, e representante TellmeGen da Espanha, que usa o laboratório Eurofins. O e-mail de contato é contato@cpah.com.br.

"Nosso banco de dados conta com mais de 100 voluntários no momento, mas também temos acesso a um banco de dados internacional com milhares de voluntários. É necessário ter teste genético de empresas como Nebula, 23andMe, TellmeGen, Ancestry e MyHeritage e também ter teste de QI supervisionado", destacou Dr. Fabiano.

Mega Curioso
Compartilhar
Publicidade
Publicidade