Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

O que esperar da economia mundial em 2022

Estamos vivendo processos de transformações que nos prepara para mudanças mais efetivas no paradigma social e planetário

9 dez 2021 09h00
| atualizado às 09h37
Compartilhar

É absolutamente natural que todos questionem o futuro, pois, inegavelmente, a pandemia trouxe mudanças estruturais, que, certamente, já inclui a economia. Já atravessamos tempos de mudanças e o mais importante neste momento, é que nos alinhemos a elas. Astrologicamente, essa mudança que está acontecendo neste momento, será compreendida entre 2023 e 2026.

Foto: iStock

Urano, regente de Aquário, o planeta que joga o velho para longe e abre espaços para o novo entrar, está em Touro, um signo de estabilidade emocional e material, que busca durante toda vida por segurança, um signo de dinheiro. Urano entrou em Touro em 2019 e permanece neste signo até 2026. É claro que há uma forte resistência à mudança, pois Touro é um signo fixo, de terra e que busca estabilidade. Mas, sob a força de Urano, não sobrará pedra sobre pedra com relação à maneira que lidamos com o dinheiro e a economia.

Publicidade

Além de Urano, podemos falar de Plutão, Saturno, Júpiter e Marte em Capricórnio, planetas poderosos em um signo também de estabilidade e dinheiro. Estes planetas juntos potencializam as energias uns dos outros e vieram a deflagrar uma crise mundial, em 2020 e que continuará até 2026. Em 2023, Plutão, o grande transformador, começa a caminhar através de Aquário e até lá, precisamos encontrar soluções para as mudanças que Urano em Touro pede. A partir de 2024, não teremos mais tempo para nada, pois ou mudamos, ou mudamos. Os que ainda resistirem às mudanças, vão, de fato, sofrer.

Aquário é o signo que rege a Nova Era e todos estamos vivendo processos de transformações que nos prepara para mudanças mais efetivas no paradigma social e planetário. As novas moedas vão ganhar cada vez mais força e, possivelmente, com o passar dos anos, teremos uma só moeda, que, consequentemente, vai gerar uma nova economia e novas formas de liquidez.

Por outro lado, as pessoas, certamente, já começaram a questionar o valor do dinheiro e, especialmente as novas gerações, vão manter uma relação diferente com o dinheiro e o poder. Viver para pagar contas será, com o tempo, uma prática do passado. A finitude da vida já começou a ser questionada de uma forma mais efetiva e muita gente, em todos os lugares do mundo, começa a decidir por uma nova vida, mais regada de prazer do que de ambição e poder.

Ainda temos a questão dos problemas que trouxemos ao planeta e à nossa sobrevivência na Terra, que nos obriga a repensar o consumo de maneira sustentável. Cada vez menos estaremos dispostos a aceitar qualquer tipo de trabalho e muito menos condições que não ofereçam o mínimo de qualidade de vida.

Publicidade

Essas mudanças já começaram e vamos, em 2022, continuar com um sistema misto, com um pé no passado e outro no futuro e, até que Urano entre em Gêmeos, em 2026, estaremos todos em meio a essas mudanças, que serão intensificadas por outros trânsitos planetários. É fundamental que todos nos sintonizemos com eles para que cada um possa seguir o fluxo das mudanças de maneira natural e progressiva, entendendo o valor da liberdade individual e coletiva.

Fonte: Eunice Ferrari
Receba artigos exclusivos de horóscopo
Ativar notificações