Tire a ideia do papel e crie hoje o site para o seu negócio com até 35% de desconto

João Doria toma 1ª dose da CoronaVac em São Paulo

A enfermeira Mônica Calazans - primeira pessoa a ser vacinada contra o coronavírus no Estado - foi quem aplicou o imunizante

7 mai 2021 17h54
| atualizado às 18h06
Compartilhar
Governador João Doria recebe a primeira dose da vacina CoronaVac
Foto: Leco Viana / Estadão Conteúdo

O governador do Estado de São Paulo, João Doria (PSDB), recebeu a primeira dose da vacina CoronaVac contra a covid-19 nesta sexta-feira, 7, na capital paulista. A CoronaVac é envasada pelo Instituto Butantan, ligado ao governo paulista.

O Estado iniciou a vacinação de idosos com 60, 61 e 62 anos na quinta-feira, 6. A faixa etária contempla o governador, que tem 63 anos, e sua esposa, Bia Doria, de 60 anos, que também foi imunizada.

Publicidade
A primeira-dama do Estado, Bia Doria, o governador João Doria e a enfermeira Mônica Calazans
Foto: Vinícius Nunes / Estadão Conteúdo

Em um evento montado para a ocasião, João Doria recebeu a vacina da enfermeira Mônica Calazans - a primeira pessoa a ser vacinada contra o coronavírus no Estado de São Paulo - e que aplicou o imunizante no braço do governador.

Doria foi vacinado pela enfermeira Mônica Calazans, a primeira pessoa a iniciar a imunização contra a doença
Foto: Vinícius Nunes

Próximos grupos

Na sequência, o governo de São Paulo inicia a vacinação de pessoas com comorbidades entre 50 e 54 anos a partir da próxima semana.

O primeiro grupo é de grávidas com comorbidades a partir do dia 11, mesma data da vacinação de pessoas com deficiência permanente entre 55 e 59 anos. No dia 12, inicia-se a imunização de pessoas com doenças preexistentes entre 55 e 59 anos. Já no dia 14 de maio, pessoas com doenças preexistentes entre 50 e 54 anos.

Publicidade

Veja também:

CPI da Covid põe militares no foco das investigações
Video Player

 

Fonte: Equipe portal
Está gostando da notícia? Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações