Patrocínio

Professora grampeia bilhete em uniforme de aluno de 5 anos; 'vontade de chorar', diz mãe

Nas redes sociais, o prefeito de Nova Friburgo (RJ) disse ter sido 'surpreendido' pelo ocorrido e afirmou que a professora foi afastada

18 abr 2024 - 20h40
(atualizado às 22h01)
Resumo
Uma professora da rede municipal de ensino de Nova Friburgo (RJ) foi afastada após grampear um bilhete na camiseta do uniforme de uma criança de 5 anos. O prefeito confirmou o afastamento e que uma apuração interna foi iniciada.
Aluno tem bilhete grampeado no uniforme em escola de Nova Friburgo (RJ)
Aluno tem bilhete grampeado no uniforme em escola de Nova Friburgo (RJ)
Foto: Arquivo Pessoal

Uma professora da rede municipal de ensino de Nova Friburgo (RJ) foi afastada após grampear um bilhete na camiseta do uniforme de uma criança de 5 anos. Segundo a mãe, Jennifer Kelly Silva, o recado permaneceu grudado à roupa do filho durante todo o período de aulas.

O caso aconteceu na quarta-feira, 17, na Escola Municipal Santa Paula Frassinetti, no centro da cidade da região serrana do Rio. À Inter TV, afiliada da TV Globo, Jennifer conta que foi avisada do ocorrido por uma amiga, que foi buscar o filho dela na escola, ao meio-dia. 

Publicidade

"Mamãe, favor mandar outra caderneta! Obrigada", dizia a mensagem escrita no bilhete. À reportagem, a mãe desabafou sobre o sentimento de 'indignação' com o ocorrido. 

"Sinceramente, [dá] vontade de chorar, nunca imaginei que pudesse acontecer uma coisa dessas com o meu filho. Quando a gente deixa aqui, a gente espera que ele seja bem cuidado, bem tratado. É uma criança de 5 anos. Mandei mensagem pra diretora, ela me acolheu e vim na escola para conversar com a professora e entender por que ela fez isso com meu filho, por causa de uma caderneta, R$ 5", disse a mãe. 

Ainda segundo Jennifer, o grampo, mal colocado na camiseta do filho, ainda machucou a criança. "Ela furou duas vezes, quando ele chegou, já foi grampeado. Ele contou que ele brincou e, na hora do intervalo, soltou. Ela ainda puxou a camisa dele e grampeou. Quando a babá chegou, estava mal grampeado e furando ele". 

O Terra questionou a Secretaria de Educação municipal de Nova Friburgo, mas não obteve resposta. O espaço continua aberto para manifestação. 

Publicidade

O prefeito Johnny Maycon falou sobre o caso em suas redes sociais e disse ter sido 'surpreendido' pelo ocorrido. Ele confirmou o afastamento da professora durante a apuração dos fatos. Veja o posicionamento, na íntegra, abaixo:

"Fomos surpreendidos nesta quinta, 18, com a informação de que uma criança foi enviada para casa com um bilhete grampeado no uniforme. É importante ressaltar que nunca compactuaremos com tal atitude ou qualquer ato que desrespeite e/ou viole os direitos e exponha de forma vexatória as nossas crianças.

Com isso, assim que tomamos conhecimento do fato, de pronto iniciamos todos os processos internos e decidimos pelo afastamento do profissional para que haja a devida apuração e as medidas cabíveis sobre o caso sejam tomadas de acordo com os desdobramentos", escreveu o prefeito Johnny Maycon. 

Kit escolar: confira os materiais dados pelas 10 maiores capitais do Brasil Kit escolar: confira os materiais dados pelas 10 maiores capitais do Brasil

Fonte: Redação Terra
Fique por dentro de vestibulares, Enem e dicas para a sua carreira!
Ativar notificações