Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Embaixada pede desculpas à família de Dom Phillips após 'erro' sobre corpos

Segundo o jornal 'The Guardian', Fred Arruda escreveu mensagem para os familiares do jornalista

14 jun 2022 - 16h00
(atualizado às 16h25)
Compartilhar
Dom Phillips em conversa com moradores da Amazônia durante uma de suas viagens à Amazônia
Dom Phillips em conversa com moradores da Amazônia durante uma de suas viagens à Amazônia
Foto: Reuters

Após informar os famíliares de Dom Phillips que os corpos do jornalista e do indigenista, Bruno Pereira, foram encontrados na segunda-feira (13), informação posteriormente negada pela Polícia Federal (PF) e por associações indígenas, a embaixada brasileira em Londres (Inglaterra) pediu desculpas.

 

“Lamentamos profundamente que a embaixada tenha passado à família ontem informações que não se mostraram corretas”, disse o embaixador do Brasil na Inglaterra, Fred Arruda, em mensagem aos familiares de Phillips, segundo o jornal 'The Guardian'.  



O diplomata brasileiro explicou que a equipe multi-agências criada na embaixada de Londres para coordenar as informações sobre o desaparecimento foi “mal-orientada” por informações recebidas de “ investigadores oficiais”. “Pensando bem, houve precipitação por parte da equipa multi-agências, pelo que peço desculpa de todo o coração”, acrescentou Arruda, insistindo que “a operação de busca vai continuar, sem poupar esforços”.

O ministro da Justiça, Anderson Torres, afirmou nesta terça-feira, 14, que a busca pelo paradeiro do indigenista Bruno Pereira e do jornalista britânico Dom Phillips prosseguirá até se "esgotarem todas as possibilidades". Os dois desapareceram na manhã do dia 5 de junho, domingo da semana passada, quando se deslocavam da comunidade São Rafael para Atalaia do Norte, no oeste do Amazonas.

Publicidade
Fonte: Redação Terra
Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações