Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Calderano bate chinês na estreia e já está entre os 8 melhores do tênis de mesa da WTT Cup Finals

Brasileiro soma nova vitória na etapa final do Campeonato Mundial e se classifica para as quartas de final

5 dez 2021 16h23
| atualizado às 17h47
Compartilhar

Se os chineses seriam um problema para Hugo Calderano, estão deixando de ser. Pelo menos neste domingo, o número 4 do ranking mundial de tênis de mesa não teve motivos para perder o sono: ele bateu Lin Gaoyuan, sétimo do ranking, por 3 a 0 (11/8, 11/9 e 13/11), na OCBC Arena, em Cingapura, pelas oitavas de final do WTT Cup Finals, sem dar muitas chances ao adversário oriental.

O WTT Cup Finals, competição que reúne apenas os principais atletas do ranking mundial na temporada, não está sendo muito bom mesmo para os chineses. Calderano poderia cruzar novamente com Liang Jingkun, que o eliminou recentemente do Mundial dos Estados Unidos. Mas ele também foi eliminado por um adversário não-asiático: o nigeriano Quadri Aruna, 13.° do mundo.

Publicidade

Apesar de serem dois atletas tradicionais no circuito mundial, Calderano e Aruna nunca se enfrentaram internacionalmente. O duelo entre o brasileiro e o nigeriano, pelas quartas de final, acontece nesta segunda-feira.

Quem acordou cedo para ver um jogo muito disputado, pouco curtiu. Pois o brasileiro dominou o confronto desde o primeiro set, sem dar muitas chances para uma virada, como aconteceu nas quartas de final do Mundial. Gaoyuan até tentou encostar no finalzinho do terceiro set, quando chegou a empatar em 10 a 10, embora Calderano tenha sempre ficado na frente após a igualdade. Mas, desta vez, não houve espaço para reação.

"O nível do Hugo foi muito alto. Ele dominou todas partes do jogo. Quando ele joga assim, é realmente difícil para o adversário, porque ele não pode respirar. O Hugo pode ficar bem satisfeito com o desempenho dele, jogou agressivo e com consistência, regularidade. Espero que ele mantenha essa intensidade amanhã (segunda-feira). É uma avaliação bem positiva que faço hoje (domingo)", disse o técnico francês Jean-René Mounié, empolgado com o grande desempenho do atleta.

Está gostando da notícia? Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações