Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Petr Cech, ídolo do Chelsea, deixa cargo de diretor técnico do clube: 'Um privilégio grande'

Ex-goleiro, campeão da Liga dos Campeões, se despede pela segunda vez da equipe londrina, após três temporadas no cargo

27 jun 2022 - 11h40
(atualizado às 11h40)
Compartilhar

Grande nome da história vitoriosa do Chelsea, o ex-goleiro Petr Cech se despediu do clube pela segunda vez. Após 12 temporadas entre as traves, sendo eleito o melhor da posição por quatro vezes, o ídolo de 40 anos desempenhou a função de diretor técnico nas últimas três temporadas, mas acabou saindo com a troca de direção do clube.

Cech foi goleiro da equipe entre as temporadas de 2003 e 2014 e apontado como um dos maiores do mundo por sua genialidade e ousadia. Saiu pela primeira vez na temporada 2014/15 para defender o Arsenal até 2019, quando se aposentou e retornou a Stanford Bridge para ser um orientador e conselheiro de futebol e desempenho.

Publicidade

"Foi um grande privilégio desempenhar esse papel no Chelsea nos últimos três anos. Com o clube sob nova direção, sinto que agora é o momento certo para me afastar", afirmou Cech, que servia de porta-voz do elenco e fica no cargo somente até o dia 30 de junho.

"Estou satisfeito que o clube esteja agora em uma excelente posição com os novos proprietários e estou confiante em seu sucesso futuro dentro e fora do campo", encerrou seu discurso de despedida o ex-goleiro.

"Desde a sua nomeação há três anos, Cech tem prestado aconselhamento e orientação em todas as questões de futebol e desempenho em todo o clube, ao mesmo tempo que fortalece os laços entre as nossas equipes masculinas e da Academia", disse Todd Boehly, presidente e co-controlador do Chelsea.

Fique por dentro das principais notícias de Futebol
Ativar notificações