Brasil lidera ranking de suspeitas de manipulação em jogos de futebol, aponta relatório

De acordo com a Sportradar, País tem 109 jogos com suspeitas de manipulação no Brasileirão, Copa Verde e estaduais em 2023

4 mar 2024 - 22h50
(atualizado às 23h25)
Resumo
Um relatório divulgado pela empresa Sportradar apontou que o Brasil lidera o ranking mundial de jogos de futebol com suspeitas de manipulação, sendo 109 partidas monitoradas em 118 competições no ano de 2023.
Brasil lidera em suspeitas de manipulação em jogos de futebol, aponta relatório.
Brasil lidera em suspeitas de manipulação em jogos de futebol, aponta relatório.
Foto: Wilton Júnior / Estadão / Estadão

O Brasil lidera o ranking mundial de jogos de futebol com suspeitas de manipulação, de acordo com relatório divulgado pela empresa Sportradar nesta segunda-feira, 4. Em 2023, foram apontadas suspeitas em 109 partidas disputadas no Campeonato Brasileiro, na Copa Verde e em campeonatos estaduais. Por outro lado, o balanço apresenta redução de 29% em comparação a 2022. 

O levantamento faz parte do relatório anual de integridade da empresa de tecnologia esportiva, parceira da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Conmebol, Uefa e Fifa. No Brasil, em 2023, foram monitorados 9 mil partidas em 118 competições. A empresa aponta que é a maior quantidade de jogos monitorados no mundo. 

Publicidade

De acordo com a Sportradar, os jogos suspeitos apresentam 'provas contundentes' de vícios em resultados ou com indícios de manipulação críveis. Nesse ranking, o Brasil lidera com 109 jogos, seguido por República Tcheca (67), Filipinas (65), Rússia (55) e Grécia (46). A lista leva em consideração outras modalidades. 

Apesar de considerar outros esportes, todos os jogos com suspeitas de manipulação no Brasil foram de futebol. Dos jogos ressaltados pelo levantamento, 15 são organizados pela CBF e 94 pelas federações estaduais. Não houve indícios de manipulação em jogos da Série A do Brasileirão ou da Copa do Brasil. 

Dentre as partidas com suspeitas organizadas pela CBF, houve uma na Copa Verde, uma na Série B do Campeonato Brasileiro e 13 na Série D (veja lista abaixo). Já as partidas das federações estaduais não foram indicadas pelo balanço. 

Entre as equipes que foram citadas pela empresa, duas se sobressaem no levantamento. O São Francisco, do Acre, figura em oito jogos suspeitos, um pela Copa Verde e sete pela Série D. O Interporto, do Tocantins, aparece cinco vezes, também pela Série D. 

Publicidade

Confira os jogos com suspeita de manipulação em campeonatos da CBF:

  • Tombense x Londrina (Série B);
  • União Rondonópolis x Interporto-TO (Série D);
  • Hercílio Luz x Aimoré (Série D):
  • São Raimundo x São Francisco-AC (Série D);
  • São Francisco-AC x Princesa dos Solimões (Série D);
  • Brasiliense x Interporto-TO (Série D);
  • Tuna Luso x São Francisco-AC (Série D);
  • São Francisco-AC x Águia de Marabá (Série D);
  • Humaitá-SC x São Francisco-AC (Série D);
  • Trem-AP x São Francisco-AC (Série D);
  • Operário Várzea-Grandense x Interporto-TO (Série D);
  • Anápolis x Interporto-TO (Série D);
  • São Francisco-AC x Humaitá-SC (Série D)
  • Tombense x Londrina (Série D);
  • Iporá x Interporto-TO (Série D);
  • Atlético Acreano x São Francisco-AC (Copa Verde)
Fonte: Redação Terra
Curtiu? Fique por dentro das principais notícias através do nosso ZAP
Inscreva-se