Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Após duelo pela Copinha, Internacional consulta FPF sobre casos de Covid-19 no Palmeiras

Classificado, Verdão se mostra tranquilo quanto ao posicionamento do Colorado e garante que seguiu os protocolos do Ministério da Saúde para as ocorrências da doença no elenco

17 jan 2022 21h00
| atualizado às 21h00
Compartilhar

Durante a tarde desta segunda-feira, depois de o Palmeiras ter eliminado o Internacional com uma vitória por 2 a 1, na Copinha, o clube gaúcho consultou a FPF, organizadora da competição, sobre os protocolos da entidade em casos de Covid-19, já que Endrick e Jhonatan teriam sido escalados pelo Verdão sem terem cumprido a quarentena indicada no caderno de operações do torneio.

Palmeiras e Internacional duelaram nesta segunda-feira, pela Copinha (Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)
Palmeiras e Internacional duelaram nesta segunda-feira, pela Copinha (Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)
Foto: Lance!

TABELA

Publicidade

GALERIA

Em Diadema, pelas oitavas de final da Copinha, o Alviverde teve Jhonatan como titular, e Endrick entrando ao longo do segundo tempo. Ambos retornaram recentemente após terem testado positivo para Covid-19. O resultado saiu no dia 11 de janeiro e, segundo o protocolo da FPF para a competição, ambos teriam de ter sido afastados por no mínimo dez dias. Esse é o ponto contestado pelo Inter em texto enviado para a entidade de futebol paulista nesta segunda.

Pelo lado do Palmeiras, que não irá se manifestar oficialmente neste momento, há tranquilidade quanto ao desfecho do caso, uma vez que o clube garante seguir os protocolos do Ministério da Saúde, que preveem quarentena de cinco dias em casos assintomáticos e retorno com teste negativo no quinto dia de afastamento. Além disso, o Verdão testa diariamente os atletas do elenco.

Sem contar que o nem o regulamento da competição, nem o o protocolo adicional de Covid-19 indicam sanção para um caso de descumprimento dessas normas. Vale lembrar que a dupla de palmeirenses já havia estado em campo diante do Atlético-GO, na terceira fase da Copinha, no último sábado, quando retomaram as atividades depois do afastamento pela testagem positiva.

Publicidade

Veja o que diz o protocolo de operação de jogo da Copa São Paulo

"Os critérios para retorno deverão seguir as condições clínicas do atleta ou membro da comissão técnica, e o tempo mínimo de 10 dias completos após a coleta que apontou o PCR Positivo nos atletas assintomáticos ou oligossintomáticos, acompanhado obrigatoriamente do atestado assinado pelo médico do Clube responsável pelo atleta ou pelo membro da equipe técnica. Nos casos claramente sintomáticos, o atleta deverá ser submetido a avaliação clínica criteriosa para retorno. O atestado deverá ser enviado ao Comitê Médico da FPF através do e-mail comitemedico@fpf.org.br".

Fique por dentro das principais notícias de Futebol
Ativar notificações