Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Fla ficou longe do título com jogos desprezados por Renato

Técnico manteve sua coerência de não dar importância ao Brasileiro

2 dez 2021 12h00
| atualizado às 12h07
Compartilhar

Desde que chegou ao Flamengo, em substituição a Rogério Ceni, em julho, Renato Gaúcho deu evidências de que daria prioridade às competições de mata-mata (Copa do Brasil e Libertadores), deixando o Brasileiro em segundo plano. Se o Rubro-Negro tivesse vencido alguns jogos desprezados pelo técnico, estaria hoje disputando ponto a ponto o título do campeonato nacional com o Atlético-MG.

Renato Gaúcho desprezou o Brasileiro e apostou suas fichas na Copa do Brasil e Libertadores; frustração tripla para os rubro-negros
Foto: Maga Jr/Ofotografico / Gazeta Press

Em agosto, contra o Ceará, não levou a força máxima ao Castelão e o Fla acabou empatando (1 a 1) com o time da casa, que, naquele momento, fazia campanha muito ruim no Brasileiro. No mês seguinte, desperdiçou mais dois pontos ao empatar com o América-MG (1 a 1), em Minas, quando levou a campo um time misto.

Publicidade

Em outubro, ao ver o Flamengo perder para o Fluminense por 3 a 1, Renato deu uma declaração que marcou sua passagem pelo clube. “Quem tudo quer, nada tem.” Referia-se à pressão por escalar sempre o que tinha de melhor à disposição para lutar pelos três títulos possíveis no segundo semestre.

Já no final de novembro, a sua apatia no banco de reservas no empate por 2 a 2 contra o Grêmio foi visível notadamente nos instantes em que Vitinho fez os gols do time. Demonstrou sua contrariedade com a vitória que se desenhava em Porto Alegre, pois o resultado parcial de 2 a 0 afundava o Grêmio – clube com o qual tem muita identificação.

Além do mais, jogando com um homem a mais a maior parte do tempo, Renato tirou o próprio Vitinho para dar vez a um volante, Piris da Motta, o que despertou questionamentos de muitos críticos e torcedores sobre o real objetivo do treinador com a mudança.

Show Player
Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. 
Fique por dentro das principais notícias de Futebol
Ativar notificações