Tire a ideia do papel e crie hoje o site para o seu negócio com até 35% de desconto

Atuação de Andreas Pereira evidencia profundidade do elenco do Flamengo no meio-campo

Com três competições em curso, o técnico Renato Gaúcho costuma frisar em coletivas que não tem um time, mas sim um grupo e que há espaço para todos

24 set 2021 06h33
| atualizado às 06h33
Compartilhar

Na vitória por 2 a o sobre o Barcelona de Guayaquil, no Maracanã, pela semifinal da Libertadores, Andreas Pereira fez, possivelmente, sua melhor partida com a camisa do Flamengo. Peça importante tanto no ataque quanto na defesa, o desempenho do jogador evidenciou a força e a qualidade do grupo no meio-campo.

Andreas recebeu uma das maiores notas do LANCE! na partida (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)
Foto: Lance!

Atualmente, o Flamengo conta com quatro jogadores saudáveis para formar a dupla de volantes. São eles: Willian Arão, Diego Ribas, Thiago Maia e o próprio Andreas Pereira. Vale lembrar que Piris da Motta é da posição, mas ainda não está disponível para entrar em campo.

Publicidade

Dessa forma, o Rubro-Negro está com quatro jogadores de bom nível para disputar a posição. Willian Arão é titular absoluto e já se estabeleceu como primeiro volante há algumas temporadas. A "briga", então, fica pelo jogador que fará dupla com o camisa 5.

Diego era o segundo volante titular, mas como teve um edema ósseo no joelho direito, precisou ficar de fora para realizar trabalhos específicos no CT. Isso abriu espaço para Andreas Pereira, que, na última quarta-feira, definitivamente apresentou as credenciais e mostrou porque vem começando entre os 11 iniciais. Além dele, Thiago Maia costuma sair do banco e rende em bom nível dentro de campo.

O técnico Renato Gaúcho costuma "comemorar" nas coletivas de imprensa a "dor de cabeça" para montar o time e afirma que o Flamengo tem um grupo "muito qualificado" em todas as posições. O treinador ainda frisa que, como o Rubro-Negro disputa três competições, há espaço para todos e que, por isso, procura rodar o grupo.

- É ótimo, sempre bom ter essa "dor de cabeça" com vários jogadores bons em cada posição do que, de repente, os jogadores que estão jogando não estão correspondendo e você olha para o lado e vê que os que estão fora não vão te ajudar. O grupo do Flamengo é um grupo muito qualificado em todas as posições, sempre falo para eles que estamos em três competições, tem espaço para todo mundo, independente do jogador que for jogar uma competição, temos mais duas sempre - explicou Renato após a vitória sobre o Barcelona.

Publicidade

- O importante é o jogador estar preparado para quando for chamado, corresponder, independente da posição e independente da competição. Por isso que a diretoria formou um grupo grande, um grupo bom, um grupo qualificado, justamente por isso. Porque nós temos essas três competições e tem espaço para todo mundo, tanto é que procuro rodar o grupo justamente por isso - completou.

Com um leque de possibilidades para escalar o time no meio, o Flamengo volta as atenções para o Campeonato Brasileiro. O Fla enfrenta o América-MG no próximo domingo, às 11h, no Independência. A partida é válida pela 22ª rodada da competição e terá transmissão em tempo real do LANCE!.

Show Player
Fique por dentro das principais notícias de Futebol
Ativar notificações