PUBLICIDADE
Patrocínio Logo do patrocinador

Saúde íntima no verão: veja os cuidados para prevenir infecções

Usar o biquíni molhado durante muito tempo pode trazer riscos à saúde íntima feminina, favorecendo o surgimento de infecções e irritações

29 jan 2024 - 14h02
(atualizado às 20h55)
Compartilhar
Exibir comentários

O verão é a época preferida de muitas pessoas para viajar e aproveitar para curtir praias, piscinas e cachoeiras. No entanto, a exposição ao calor e a umidade podem desencadear várias doenças na região íntima. 

Biquíni molhado pode prejudicar a saúde íntima feminina
Biquíni molhado pode prejudicar a saúde íntima feminina
Foto: Shutterstock / Alto Astral

Uma das infecções mais frequentes é a candidíase vaginal, causada pela proliferação excessiva de fungos do gênero Candida, que normalmente existem na flora vaginal em pequenas quantidades.

A condição é caracterizada por uma série de sintomas incômodos que prejudicam a qualidade de vida da mulher. Entre os principais sintomas estão coceira e vermelhidão na região da vagina, corrimento branco e espesso e ardência ao urinar.

O ginecologista obstetra Dr. César Patez, especialista em endometriose e cirurgia íntima feminina, explica que a exposição ao sol e a água salgada podem afetar a saúde íntima devido à sensibilidade da pele nessa região. 

"O contato prolongado com a água salgada pode desequilibrar o pH vaginal, contribuindo para infecções genitais. Enquanto o cloro presente na água das piscinas pode causar ressecamento da pele íntima, deixando-a mais sensível", esclarece. 

Além das condições ambientais, a candidíase pode ser provocada por altos níveis de estresse, queda de imunidade e uso de medicamentos, como anticoncepcionais e antibióticos. 

Então, o que fazer?

Para ajudar na saúde íntima ao curtir a praia e/ou piscina, o Dr. César Patez recomenda o uso de roupas leves e de algodão, pois permitem a ventilação adequada da região íntima. Além disso, a troca frequente de roupas de banho úmidas por peças secas é fundamental para evitar a proliferação de fungos e bactérias.

"Ressalto a importância de manter uma higiene adequada, evitando o uso de sabonetes perfumados ou duchas íntimas, que podem causar irritações e desequilíbrios na flora vaginal. A utilização de protetores íntimos de algodão pode ajudar a absorver a umidade e manter a região íntima seca e saudável", finaliza o médico.

Alto Astral
Compartilhar
Publicidade
Publicidade