Férias de julho: a Argentina é uma boa opção para esquiar e aproveitar o frio

27 jun 2013
14h16
atualizado às 14h17
  • separator
  • 0
  • comentários

Se o Brasil não tem montanhas nevadas para quem quer esquiar, nossos vizinhos argentinos oferecem diferentes opções para todos os gostos. Desde o tradicional centro de esqui de Cerro Catedral, em Bariloche, até os menos conhecidos em La Hoya e em Penitentes. O país tem, ao todo, oito estações de esqui e as temporadas vão do fim de junho ao começo de outubro. Confira a lista abaixo e planeje suas férias para este inverno.

1. Cerro Catedral
Situada em  Bariloche, Cerro Catedral é a mais antiga estação de esqui da Argentina e, claro, a mais frequentada pelos brasileiros. Situada a 11 km do centro de San Carlos de Bariloche, Cerro Catedral possui a maior superfície para a prática de esqui da América do Sul, ao todo são nove  quilômetros de pista,  39 meios de elevação e 1.200 hectares de área. Tanto na infraestrutura hoteleira quanto nas opções de restauração, o local tem muitas opções para todos os gostos e se destaca como um destino ideal para ser visitado em família.

2. Las Leñas
Com 30 pistas e 13 meios de elevação, Las Leñas oferece neve de qualidade, opções de gastronomia internacional e instalações hoteleiras de alto nível. Localizada a 80 quilômetros da cidade de Malargüe, Las Leñas está a 2.240 metros do nível do mar e atinge 3.430 metros no topo da montanha. Nesta temporada, os visitantes podem usar ainda o Minerva 2, novo meio de elevação que agilizou e modernizou o fluxo de esquiadores.

3. Chapelco
Situado próxima à charmosa cidade de San Martin de los Andes, o centro de esqui Chapelco conta com 25 pistas de diversos níveis de dificuldades, além de três itinerários fora de pista e um snowpark para quem gosta de manobras radicais sobre esquis ou snowboard. Por lá, os esquiadores curtem o lindo visual sobre o lago Lácar, primeiro dos sete lagos da região.

4. Cerro Bayo
A 45 minutos do aeroporto de Bariloche e a 1h30 de San Martin de Los Andes, Cerro Bayo se autodenomina “Centro de Esqui Boutique” e se destaca pelas diferentes mordomias de seu Passe Gold, que inclui acesso a lounge, estacionamento, prioridade nos meios de elevação e wi-fi. Situado ao lado do lago Nahuel Huapi, na cordilheira, o local possui 14 quilômetros de percurso, divididos entre 16 meios de elevação e 23 pistas – para principiantes e experts, praticantes de esqui e snowboard.

<p>Cerro Castor é uma famosa pista perto da cidade de Ushuaia</p>
Cerro Castor é uma famosa pista perto da cidade de Ushuaia
Foto: Secretaria de Turismo da Argentina / Divulgação

5. Cerro Castor
Na distante Terra do Fogo, a estação de Cerro Castor é conhecida por suas 26 pistas, pelas belas paisagens e, principalmente, pela qualidade da neve, que é usada por esquiadores profissionais de diversos países para treinamento. Pela sua proximidade  com a cidade de Ushuaia (menos de 30 quilômetros), é ali que muitos esquiadores se hospedam, mas há também um hotel ao pé da estação, o Castor Ski Lodge, que disponibiliza 15 confortáveis cabanas de madeira.

6. Caviahue
Situado em uma vila de montanha ao pé do Vulcão Copahue, rodeado por bosques e lagos, o centro de esqui Caviahue é um dos mais calmos e seguros da Argentina. A 357 quilômetros de Neuquén, na província homônima, Caviahue conta com 22 pistas e 12 meios de elevação e tem de tempo de espera zero.

7. La Hoya
O centro de esqui de La Hoya encontra-se a 12 quilômetros da cidade de Esquel, onde aterrissam os aviões que levam os turistas que esquiam no noroeste da província de Chubut. O local tem 10 meios de elevação e é um destino excelente para praticar esqui e snowboard em um ambiente tranquilo e intimista, com poucas filas e muito espaço para deslizar.

8. Penitentes
Localizado a mais de 2.500 metros do mar, a 170 quilômetros de Mendoza, o centro de esqui de Penitentes oferece 25 pistas  com percurso e desníveis para diferentes estágios de conhecimento de esqui e snowboard. O clima seco proporciona dias ensolarados, perfeitos para esquiar e curtir a velocidade e as paisagens. 

 

&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;lt;a data-cke-saved-href=&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot;http://turismo.terra.com.br/infograficos/buenos-aires/iframe.htm&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot; href=&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot;http://turismo.terra.com.br/infograficos/buenos-aires/iframe.htm&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot;&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;gt;veja o infogr&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;aacute;fico&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;lt;/a&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;gt;

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade