PUBLICIDADE

Visite o Castelo de Drácula e descubra seus mistérios

Publicidade

Histórias de vampiro voltaram a fazer sucesso com a saca Crepúsculo, mas um personagem importante da literatura já deu fama aos "bebedores de sangue" desde 1897, quando Bram Stocker lançou o conto sobre sua história: Drácula. Embora poucos saibam, ele realmente existiu, mas não tinha nada de vampiro. Na verdade, Vlad III foi o imperador da Wallaquia, na Transilvânia (Romênia) e ficou conhecido por empalar seus inimigos.

O Castelo de Bran foi residência de Vlad III
O Castelo de Bran foi residência de Vlad III
Foto: Departamento de Turismo da Romênia / Divulgação

» Veja mais fotos
» Siga o Vida e Estilo no Twitter


» vc repórter: mande fotos e notícias
» Chat: tecle sobre a notícia

Nascido em 1431 em Sighiosara, uma cidade medieval, Vlad III adotou o sobrenome "Draculea" em homenagem a seu pai, Vlad II, que era um cavaleiro Cristão da Ordem dos Dragões (draco em latim e diabo em romeno). Ambos, pai e filho, lutaram contra os turcos e o Império Otomano.

Vlad III acreditava que apenas com disciplina e trabalho seu reino prosperaria e, para atingir seus objetivos, lançou mão de métodos cruéis de punição. Preguiçosos, desonestos e inimigos eram empalados vivos. Temido por seus inimigos, o rei era considerado um herói para seu povo e morreu durante uma batalha em Bucareste, em 1476. Drácula virou lenda e atrai diversos turistas à Transilvânia todos os anos, curiosos para saber como era sua vida.

O castelo de Bran, na Brasóvia, foi sua morada e serviu de residência para outros reis romenos, atualmente, é um museu aberto a visitações. Há linhas de ônibus que saem da Brasóvia e seguem para o castelo diariamente a cada meia hora e custa 1,20 euros (R$ 2,77). Entre maio e setembro, o castelo abre das 9 às 18 horas de terça a domingos e, às segundas, das 12 às 18 horas; de 1 de outubro a 30 de abril, o horário de visitação é até às 16 horas. O ingresso custa 20 Leu (moeda romena, equivalente a R$ 11,05), incluindo uma taxa para fotografias; estudantes pagam meia, crianças pagam apenas 5 Leu (R$ 2,76) e idosos com mais de 65 anos, 15 Leu (R$ 8,30). Deficientes físicos têm entrada gratuita. Os preços são de junho de 2011 e podem sofrer alteração.

Clique no link acima e conheça mais sobre o rei que foi eternizado pela história.

Fonte: Especial para Terra
Publicidade