PUBLICIDADE

Conheça o hotel que tem camas no teto e paredes de espelho

Publicidade

Nada no Propeller Island City Lodge, em Berlim (Alemanha), é como nos hotéis normais. Aliás: ficar aqui nada tem a ver com o que você conhece como ficar num hotel. Mas o diferencial não está no luxo: alguns quartos, por exemplo, têm banheiro compartilhado. O que é inusitado é se alojar em um local que mais parece uma instalação do mundo da arte. Todos os quartos, móveis e objetos foram criados pelo artista alemão Lars Stroschen e procuram mexer com a sensibilidade e com as percepções de seus hóspedes. Dormir aqui é uma experiência sensorial, perturbadora para muitos - tanto é assim que nem todo mundo sai satisfeito.

» Veja imagens das diversas camas do hotel

A cama voadora parece flutuar no quarto do hotel Propeller Island City Lodge
A cama voadora parece flutuar no quarto do hotel Propeller Island City Lodge
Foto: Divulgação

» Siga o Vida e Estilo no Twitter
» vc repórter: mande fotos e notícias
» Chat: tecle sobre a notícia

Cada um dos mais de 25 quartos é diferente dos outros e temático, todos muito originais e artísticos e com nomes também criativos, como Chicken Curry ou Space Cube. O Mirror Room é um dos destaques: em forma de diamante, o quarto é todo espelhado. Quem dorme lá tem a impressão de estar dentro de um caleidoscópio. Em outro quarto, a cama parece flutuar no ar. O Upside Down, único quarto com quatro camas, tem os móveis pendurados no teto, e você dorme em um espaço confortável - instalado no chão. Não é mesmo para todo mundo!

Quem se hospeda no local tem um compromiso de acatar uma certa disciplina. Para conservar essas obras de arte, cada quarto tem instruções de uso que devem ser respeitadas pelos hóspedes: cuidado com os materiais das paredes, que podem riscar; não se apoiar nas janelas, que são frágeis demais; e por aí. O preço por uma noite custa de 69 a 115 euros e um acompanhante pode ficar alojado pagando uma taxa extra de 15 euros. O café da manhã custa 7 euros, e o hotel fica a 15 minutos (percurso de carro) do aeroporto de Tegel.

Fonte: Especial para Terra
Publicidade