0

Caribe

Parque com circuito radical leva aventureiros para Dominica

18 jan 2013
07h07
atualizado às 07h07
  • separator
  • comentários

No meio da Floresta Tropical da Dominica está um dos mais radicais destinos do Caribe. Criado em 1999, o parque especializado em esportes de aventura de baixo impacto na natureza, chamado Wacky Rollers, conta com veículos de transportes, monitores, equipamentos de segurança e acessórios para atender os turistas em busca de adrenalina nas águas e sobre as árvores.

Aventura em árvores e rios é a principal atração turística do parque Wacky Rollers, na ilha caribenha
Aventura em árvores e rios é a principal atração turística do parque Wacky Rollers, na ilha caribenha
Foto: Shutterstock

Desenvolvido de maneira a aproveitar ao máximo os recursos naturais da região, mas sem destruí-los, o Wacky Rollers explora o melhor de cada um de seus caminhos, seja por terra, árvores ou enfrentando a correnteza dos rios, que se estendem até o mar caribenho, oferecendo suporte e conforto até mesmo para quem ainda não está disposto a se entregar completamente à aventura.

Em meio às altas copas das árvores, os aventureiros podem seguir a trilha praticando arvorismo em um trajeto com quatro tipos de obstáculos regulares diferentes, além de um adicional - reservado aos mais corajosos -, inspirado no personagem Tarzan. Ao final do percurso, os participantes podem se deliciar com um salto de tirolesa que atravessa o rio Layou, o maior do país.  

Além das trilhas, que podem ser feitas também a pé, há o serviço de Jeep Tours, nos quais veículos militares percorrem pontos turísticos da reserva, um jardim botânico e também o centro de Rouseau, capital da ilha. Com os carros, ainda é possível conhecer algumas das quedas d’água mais famosas da Dominica, como Middleham e Trafalgar Falls.

O destino caribenho é conhecido também como a terra dos 365 rios, sendo que boa parte deles passa pela área de atuação do parque. Neles, é possível escolher trechos relaxantes para um river tubing (boia adaptada em que o visitante se senta e é levado pelo movimento das águas) ou radicais descidas de caiaque. Antes de qualquer uma das modalidades, os instrutores ensinam alguns truques básicos aos participantes, que partem rio acima nos jeeps, antes de começar a aventura.

Para passar o dia neste paraíso, é preciso pagar uma entrada, que custa, em média, R$ 160. O valor dá direito ao consumo de frutas frescas, refrigerantes e o tradicional ponche de rum, além de traslado de ida e volta ao hotel. 

Fonte: Agência Hélice Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade