PUBLICIDADE

Tchau, gripe! 7 vitaminas que fortalecem a imunidade

Especialista aponta quais os riscos de uma alimentação desequilibrada para a saúde. Saiba quais alimentos fortalecem a imunidade

10 jul 2023 - 16h30
(atualizado às 17h23)
Compartilhar
Exibir comentários

Adotar uma alimentação equilibrada é fundamental para manter o organismo em pleno funcionamento. Além disso, dietas balanceadas, e sem restrições, podem ajudar a fortalecer a imunidade e ainda prevenir infecções de maneira natural.

O que garante esses benefícios são as vitaminas presentes nos alimentos. Além de contribuir para o nosso sistema de defesa, elas também regulam o metabolismo, regeneram a pele e os ossos e garantem outros ganhos para a saúde. 

No entanto, nosso organismo não produz essas vitaminas. Por isso absorvê-las através da alimentação é tão importante. Outra maneira de ter acesso aos nutrientes é a exposição solar, pois ela é responsável por aumentar nossos estoques de vitamina D.

A médica nutróloga Dra. Marianna Magri selecionou algumas vitaminas e alimentos fundamentais para aumentar a imunidade e prevenir infecções.

Vitaminas e alimentos para imunidade

Vitamina C. "É um antioxidante essencial para proteger o corpo humano dos radicais livres. Por isso, sua deficiência pode aumentar a ocorrência de infecções", alerta a especialista. A vitamina C pode ser encontrada no brócolis, couve-manteiga, pimentão, repolho, acerola, caju, goiaba, kiwi, laranja e limão.

L-Taurina. "Exerce um papel fundamental no organismo. Isso porque tem como função fornecer energia e combater os radicais livres", explica. A L-Taurina está presente na carne bovina, peru, carne escura do frango, peixes e frutos do mar. Também pode ser encontrada em menor quantidade no leite, nas nozes e no feijão.

Complexo B (exceto B1). "O complexo B ajuda a prevenir infecções, diabetes, anemia, enxaqueca, colesterol, problemas vasculares, e doenças congênitas e neurológicas. Além disso, auxilia no controle da pressão alta e tem ação antioxidante", esclarece Marianna. As vitaminas do complexo B estão presentes na carne de porco, grãos integrais, soja, ervilha, leite, bife de fígado, grão-de-bico, gema de ovo e peito de frango.

Curcumina. "Ela auxilia no combate à inflamação crônica, pois é um ótimo antioxidante", aponta a médica. Aliás, a curcumina é, basicamente, a cúrcuma (ou açafrão-da-terra), um tempero muito usado na culinária indiana. 

Selênio. "Trata-se de um mineral com poder antioxidante", afirma. Ele é encontrado no solo e está presente na água e em alimentos como castanhas e gema de ovo.

Magnésio. "Regula a função nervosa, alivia dores musculares, previne a osteoporose e alivia a azia. Além disso, também controla os níveis de açúcar no sangue", esclarece a especialista. Está presente em vários alimentos como sementes, amendoim, aveia e banana.

Zinco. "Causa diversas alterações no organismo, especialmente na imunidade e na produção de hormônios", afirma. Está em alguns alimentos de origem animal como ostra, camarão, carnes de vaca, frango, peixe e fígado. Também é encontrado em castanhas, cereais, legumes e tubérculos.

Ajude sua imunidade com essas receitas em shots:

Riscos de uma alimentação pobre em vitaminas

"Os alimentos citados são os que ajudam na prevenção de infecção, melhoram a imunidade e auxiliam em algumas doenças." afirma Marianna Magri. Sendo assim, a médica alerta que a deficiência dessas vitaminas pode causar: 

  • Cansaço;
  • Câimbras;
  • Falta de sensibilidade nas mãos e nos pés;
  • Dermatite;
  • Dor de cabeça;
  • Perda de massa muscular;
  • Lábios rachados;
  • Anemia;
  • Sensibilidade a luz;
  • Lesões na pele, no nariz e na boca;
  • Irritabilidade;
  • Depressão;
  • Queda de cabelo; 
  • Unhas fracas e quebradiças;
  • Tontura;
  • Fraqueza;
  • Estresse. 

"Qualquer que seja os sintomas ou deficiência destas vitaminas, deve-se procurar um profissional especializado para que seja orientado a melhor dieta e suplementação", finaliza.

Saúde em Dia
Compartilhar
Publicidade
Publicidade