PUBLICIDADE

Suplementos podem tratar lipedema? Entenda

Nutricionistas explicam como a suplementação pode ajudar a reduzir os sintomas e sinais do lipedema. Veja as recomendações

15 mai 2024 - 10h00
(atualizado às 17h02)
Compartilhar
Exibir comentários

O lipedema se caracteriza pelo acúmulo de gordura nas pernas e atinge principalmente o sexo feminino. Para se ter uma ideia, o problema atinge cerca de 10% das mulheres em todo o mundo. No Brasil, a estimativa é de cerca de 10 milhões de portadoras da doença.

Suplementos podem tratar lipedema? Entenda
Suplementos podem tratar lipedema? Entenda
Foto: Shutterstock / Saúde em Dia

Além de crônica, o lipedema é uma doença progressiva, isto quer dizer que vai aumentando com o passar dos anos. Portanto quem tem lipedema estágio 1 pode passar para o nível 2, 3 e assim por diante, se não se cuidar. 

Por isso, é fundamental e necessário que as mulheres cuidem da saúde do corpo, de dentro para fora. Isto significa cuidar da alimentação e, quando possível, utilizar os benefícios de alguns suplementos.

Cuidado com a automedicação

Isso não quer dizer, no entanto, que os suplementos podem ser usados indiscriminadamente. Afinal, os efeitos colaterais e os resultados negativos são algumas das consequências do mau uso. 

"Menos é mais na suplementação. E, antes de tudo, é importante entender que suplemento é complemento. Isto significa que ele não substitui o alimento e, sim, o potencializa", comenta a especialista do Instituto Lipedema Brasil, Thais Guisso.

Suplementos amigos do lipedema

Segundo estudo da Acta Scientific Nutritional Health, existe uma relação entre nutrição e lipedema, que pode ser bastante positiva através de alguns suplementos. É o caso do Ômega 3, Vitamina C, aminoácido N-acetil L-cisteína (NAC), Polifenóis e Diosmin.

"Cada mulher com lipedema apresenta características únicas, incluindo o grau da condição, o histórico de saúde e os objetivos individuais. Portanto, a abordagem da suplementação deve ser personalizada, considerando as necessidades e as particularidades de cada paciente", diz a nutricionista da Prime Care Medical Complex, Lauren Nassur.

Thais lembra que não há cura para o lipedema, mas os suplementos podem desempenhar papéis importantes para quem tem a condição. A nutricionista aponta os principais benefícios:

  • Aliviar os sinais, sintomas e aspectos;
  • Melhorar a circulação;
  • Promover saúde vascular;
  • Apoiar o metabolismo lipídico.

"Ainda não existe na literatura específica um suplemento que atue de maneira direta na gordura lipedêmica, mas eles agem indiretamente", finaliza Guisso. 

Lauren Nassur, reforça que é importante ter orientação para uma suplementação responsável e criteriosa, a fim de garantir sua segurança e eficácia.

Saúde em Dia
Compartilhar
Publicidade
Publicidade