Dente envelhece? Veja nossa lista e fuja das fakes news!

Selecionamos 10 mitos e verdades sobre a saúde da nossa boca e dos nossos dentes para você não cair mais em fake news

5 nov 2020
10h00
  • separator
Foto: Pexels

Quando falamos do nosso bem estar, são muitas as informações desencontradas. Com a saúde bucal não seria diferente. Quem nunca ouviu um conselho milagroso para aquela dor de dente que atire a primeira pedra. Por isso, selecionamos 10 mitos e verdades sobre a saúde da nossa boca e dos nossos dentes para você não cair mais em fake news. E, lembre-se: em caso de dúvida, consulte sempre um especialista.

1- Dente pode envelhecer?
É VERDADE. O estilo de vida pode envelhecer o dente, deixando-os trincados, manchados ou até com hipersensibilidade. O uso de tabaco ou beber muito refrigerante pode ser uma das razões para isso acontecer. A falta de cuidado com sua saúde bucal ou higienização faz com que uma pessoa possa ter um sorriso envelhecido antes do tempo.

2- Bicarbonato de sódio clareia os dentes?
É MITO. Apesar de ser uma informação popularmente conhecida, o bicarbonato de sódio não ajuda a clarear os dentes. A sua função abrasiva atua como um esfoliante corrosivo ao esmalte dentário, mas não é capaz de remover manchas e o amarelado nos dentes. Utilize apenas produtos destinados para esse fim e indicados por um dentista.

3- Todo mundo precisa extrair os dentes de siso?
É MITO. Pode ser que você não precise tirar um siso sequer. Tudo depende dos prós e contras, cada caso é um caso. É o dentista quem avalia a necessidade da extração desses dentes. Na consulta, é feita uma radiografia para verificar se o siso vai prejudicar os outros dentes ou não. E, se não houver necessidade, não tem por que extrai-los.

4- Mascar chiclete sem açúcar equivale a uma escovação?
É MITO. Nenhuma goma de mascar é capaz de substituir a escova de dentes. Após as refeições, o chiclete pode até ajudar a disfarçar o hálito, mas não limpa os dentes, nem equivale à escovação. Mas uma coisa é fato: em nome da saúde bucal, os fãs de chiclete devem optar pela versão sem sem açúcar.

5- Clareamento enfraquece seus dentes
É MITO. Os tratamentos feitos em consultório, ou até mesmo os caseiros, que contam com a orientação do dentista, não prejudicam nem enfraquecem os dentes. O único efeito que podem causar é o aumento da sensibilidade. Mas, ainda assim, o dentista é capaz de indicar um tratamento adicional para aliviar esse incômodo. Na verdade, o que pode fazer mal aos dentes são clareamentos alternativos, feitos em casa e com substâncias inadequadas para isso.

6- O ideal é usar palitos de dente após a refeição
É MITO. Se for para tirar restos de comida que estão incomodando, o palito de dentes pode ser útil. Mas para uma higienização completa que seja capaz de prevenir cáries, ele não tem nenhuma eficácia. Além disso, você pode acabar machucando a gengiva. O correto é usar a escova de dentes e o fio dental para higienizar a boca após as refeições.

7- Quanto mais creme dental melhor
É MITO. A quantidade do creme dental não faz com que a escovação seja mais eficaz. Ao contrário, o abuso do produto pode até fazer mal para saúde bucal. Quando criança pode causar até fluorose, as manchas brancas nos dentes.

8- Apnéia do sono prejudica saúde bucal?
É VERDADE. A apneia é uma condição caracterizada pela parada ou diminuição temporária da respiração várias vezes durante o sono. Pessoas com apneia costumam dormir de boca aberta, diminuindo o fluxo salivar, ressecando a mucosa oral. Como consequência, a apneia pode aumentar a incidência de doenças gengivais, como a gengivite e a periodontite.

9- Bactéria na boca pode matar?
É VERDADE. A boca é uma colônia de bactérias, que se alojam na superfície dos dentes, nas próteses ou na própria mucosa. Caso essas bactérias entrem na corrente sanguíena (por conta de uma limpeza, cirurgia na boca ou infecção) elas podem chegar ao coração, causando problemas graves, como a endocardite bacteriana.

10- Roer as unhas danifica mais os dentes do que as mãos?
É VERDADE. os resultados de roer as unhas são imediatamente visíveis pelo aspecto das mãos, mas o que muitos não sabem é que esse hábito pode prejudicar mais a boca do que os dedos. Roer as unhas pode deformar o maxilar e causar gengivite, já que muitas bactérias que estão nas unhas acabam indo para a boca.

Fonte: FF Este conteúdo é de propriedade intelectual do Terra e fica proibido o uso sem prévia autorização. Todos os direitos reservados.
publicidade