PUBLICIDADE

Datena revela dor de dente e procedimento de canal sem anestesia. É possível?

O jornalista contou em suas redes sociais que enfrentou uma dor de dente extrema e que precisou ser submetido a um tratamento de canal

20 dez 2022 - 10h00
Compartilhar
O apresentador Datena
O apresentador Datena
Foto: Divulgação

José Luiz Datena, apresentador do programa jornalístico "Brasil Urgente", da Band,  passou por um sufoco na semana passada. O jornalista contou em suas redes sociais que enfrentou uma dor de dente extrema e que precisou ser submetido a um tratamento de canal sem anestesia.

“Você já teve dor de dente? Faz três dias que eu estou com dor de dente e há mais ou menos uns 20 anos que eu não tenho essa dor. Eu não como açúcar porque eu sou diabético, mas, de repente, apareceu uma dor de dente. Tive que ir correndo para a dentista lá no bairro onde eu moro. Ela fez canal e eu não sabia o que era o procedimento porque eu nunca tratei isso. Falei: ‘faz sem anestesia’. Que arrependimento! Ela não queria fazer, ficou com dó, aí eu fiz canal sem anestesia”, revelou.

“Vou contar uma coisa para você: nunca sofri tanto na minha vida, apesar da habilidade da dentista, que é ótima. Se não fosse ótima, eu não aguentaria até o fim, mas, da próxima vez, eu vou tomar anestesia. Estou com uma dor de dente, ainda, terrível, faz três dias”, contou.

Nada de sofrer

O tratamento de canal consiste na retirada da polpa do dente (um tecido encontrado em sua parte interna). Uma vez que a polpa foi danificada, infeccionada ou está morta, deve ser removida e o espaço resultante deve ser limpo, tratado e preenchido.

Entre as causas mais frequentes para o tratamento de canal estão dentes quebrados, cárie profunda e dano ao dente (como, por exemplo, um trauma forte que pode ser recente ou mais antigo).

Os dentes restaurados podem durar a vida toda quando tratados adequadamente. Uma das principais dúvidas quanto ao tratamento é se ele dói. A resposta depende muito mais do profissional e dos materiais escolhidos do que do procedimento em si. Se seu dentista optar por um anestésico de alta qualidade, a chance do tratamento ocorrer sem dor é alta.

O tratamento varia conforme a extensão da lesão e o nível de comprometimento e de raízes e/ou canais envolvidos. Pode durar de uma a três sessões e, em casos particulares, envolve outras etapas. Vale lembrar que os dentes restaurados podem durar a vida toda quando tratados adequadamente. Tenha sempre uma boa higiene bucal para evitar cáries.

Fonte: FF Este conteúdo é de propriedade intelectual do Terra e fica proibido o uso sem prévia autorização. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
Publicidade