5 péssimos costumes que podem estragar sua escova de dente

Listamos hábitos que jogam contra essa parceira da higiene bucal

7 nov 2019
10h00

Tão importante quanto manter a rotina diária de limpeza da sua boca é cuidar da escova de dente, a protagonista na melhor ferramenta de prevenção para problemas odontológicos. Confira erros que cometemos com ela:

  • Troca: muitas vezes nos enrolamos na hora de comprar uma nova. É preciso trocar de escova a cada três meses, pois as cerdas vão perdendo sua efetividade após o uso constante.
  • Seja leve: o ato da escovação aplicando muita força faz com que a sua escova tenha uma vida útil mais curta, além de correr o risco de prejudicar seu dente desgastando o esmalte.
  • Proteção: a melhor maneira de preservar sua escova entre uma limpeza e outra é usar uma capinha protetora. Não esqueça! Assim você evita que qualquer bactéria entre em contato com as cerdas.
  • Gêmeas: se você não morar sozinho, nunca deixe uma escova encostar na outra. Assim você evita uma contaminação cruzada das bactérias da boca de outras pessoas com a sua.
  • Doente: troque de escova no começo e no final de um ciclo de doença como infecções respiratórias, gripe e outras infecções.
Foto: Livre

 

Fonte: FF Este conteúdo é de propriedade intelectual do Terra e fica proibido o uso sem prévia autorização. Todos os direitos reservados.
publicidade