Saiba se o aparelho pode atrapalhar na hora do beijo

Especialistas desvendam mitos sobre tratamento ortodôntico e dão dicas para conviver bem com o aparelho na hora do relacionamento

16 set 2014
08h01
atualizado às 11h39
  • separator
Com dicas de especialistas todos podem beijar sem medo com aparelho ortodôntico
Com dicas de especialistas todos podem beijar sem medo com aparelho ortodôntico
Foto: Zametalov / Shutterstock

Usar aparelho na adolescência pode parecer o fim para meninas e meninos que estão começando a vida amorosa. O medo de machucar a boca do outro, se enroscar e ficar feio ronda a cabeça dos jovens nesse momento delicado. Para afastar mitos e dar dicas de como driblar uma saia justa, a ortodentista Luciana Moraes Furlan explica como conviver bem com esse novo “amigo” durante o tratamento.

Aprenda quais cuidados se deve ter com aparelho fixo
Conheça doenças bucais que podem acabar com seu namoro

Halitose e ronco prejudicam relacionamento, mas têm cura

Não atrapalha o beijo
Luciana garante que o aparelho não atrapalha o beijo. “Afinal, não se beija com os dentes. O máximo que pode acontecer é, algumas vezes, ele arranhar os lábios da outra pessoa. Por isso, é bom deixar aqueles beijos apressados de lado e se dedicar a beijos com mais suavidade, calma e movimentos amplos”. 

Não enrosca
Muitos adolescentes acreditam que o resultado de duas pessoas que usam aparelho se beijando será bocas enganchadas e um grande constrangimento, quando na verdade, nada disso costuma acontecer. É importante lembrar que na hora do beijo, os lábios que devem se encostar e não os dentes.

Não corta a língua do outro
Mais uma vez, é preciso optar por um beijo mais devagar e sereno do que o beijo rápido. Realmente, com muita sede ao pote, os dentes podem se bater e os ferrinhos do aparelho machucarem a sua boca e da outra pessoa. Por isso é fundamental se acostumar com o beijo com aparelho antes de tentar outros movimentos. 

Tire os elásticos
Sabe aqueles elásticos que ligam os dentes de cima com os de baixo? É praticamente impossível beijar com eles, já que eles limitam a abertura da boca. Por isso, lembre-se de tirá-los antes de se arriscar em um beijo. 

Limpe mais vezes
Para Luciana, a principal preocupação de quem usa aparelho fixo deve ser com a higiene bucal. “Quem usa aparelho sabe que precisa ter uma higiene bucal ainda mais rigorosa. Beijar alguém com restos de comida presos no aparelho vai atrapalhar muito mais a relação do que os braquetes em si”, diz a dentista. 

Especialista dá razões para colocar aparelho depois dos 30

Feio e rejeitado
Os adolescentes acreditam que o aparelho pode deixá-los feio e menos atrativos na hora da paquera. “Se a menina tem medo de ficar feia, pode ser bacana investir em um corte de cabelo novo ou fazer um curso de maquiagem para que ela consiga compensar a sensação ruim do aparelho. Se o menino tem medo de se sentir rejeitado, os pais podem oferecer uma festa para os amigos. Com isso, o adolescente se sentirá compreendido e acolhido”, diz a psicóloga Cecília Zylberstajn.

Além disso, hoje em dia existem diversos modelos discretos de aparelhos fixos no mercado odontológico. Braquetes que imitam a cor dos dentes e fios transparentes estão em alta entre os jovens que preferem disfarçar o sorriso metálico e manter inabalável sua vida amorosa e social. “Adolescentes são imediatistas. Para eles é difícil entender ações que tem resultados a longo prazo. Por isso ajuda muito se pais e profissionais explicarem as vantagens didaticamente e procurarem entender o que realmente está incomodando o jovem”. 

Fonte: Agência Beta Este conteúdo é de propriedade intelectual do Terra e fica proibido o uso sem prévia autorização. Todos os direitos reservados.
publicidade