PUBLICIDADE
Logo do

Novidades

Identificação de corpos pode ser feita pela arcada dentária

19 set 2013
07h09 atualizado às 07h09
07h09 atualizado às 07h09
Publicidade

Uma pesquisa da Faculdade de Odontologia da USP chegou à conclusão que identificar um cadáver pelos seus dentes é tão eficiente quanto realizar um exame de DNA. A taxa de erro da comprovação foi de apenas 1%, próxima ao do DNA, mas com a vantagem de ser mais rápida e mais barata.

Uma pesquisa da Faculdade de Odontologia da USP chegou à conclusão que identificar um cadáver pelos seus dentes é tão eficiente quanto realizar um exame de DNA
Uma pesquisa da Faculdade de Odontologia da USP chegou à conclusão que identificar um cadáver pelos seus dentes é tão eficiente quanto realizar um exame de DNA
Foto: Shutterstock

O método faz a identificação da pessoa por meio dos dados odontológicos do paciente, comparando registros sobre a dentição anterior à morte com a do corpo encontrado. Segundo Maria Gabriela, uma das autoras do estudo, a partir de dados dos levantamentos epidemiológicos realizados pelo Ministério da Saúde sobre a dentição dos adolescentes brasileiros, foi comprovado que cada pessoa tem muitas particularidades nos dentes, como cáries, próteses, restaurações, que a tornam única. 

Um dos percalços para este tipo de procedimento pode ser a melhora da condição da saúde bucal da população brasileira, uma vez que tratamentos e doenças bucais como cáries e restaurações são fatores imprescindíveis para o reconhecimento de um corpo. De 2003 para 2010, houve uma redução de 30% no número de cáries nos adolescentes. 

Ainda assim, a pesquisa concluiu que os resultados são positivos mesmo com a avaliação de apenas metade da arcada dentária. Até mesmo em casos de acidentes com destruição em massa, os dentes resistem a situações de altas temperaturas e excesso de umidade e se preservam por mais tempo do que os outros ossos do corpo. O procedimento foi adotado com sucesso em acidentes como as quedas dos voos da TAM, em 2007, e da Air France, em 2009.

Fonte: Agência Beta Este conteúdo é de propriedade intelectual do Terra e fica proibido o uso sem prévia autorização. Todos os direitos reservados. Fonte: Terra
Publicidade