Aprenda a montar um kit anti-halitose

17 abr 2013
07h17
atualizado às 07h24

O mau hálito é um problema que pode ser prevenido. Tendo as ferramentas certas para cuidar da higiene bucal, o hálito fresco é quase sempre garantido. Para não ser pego desprevenido, a consultora em organização Ana Lima ensina como organizar a bolsa com itens que não podem faltar para cuidar da boca. Isso inclui até lanchinhos e água, já que o mau hálito também aparece quando o corpo fica sem receber alimentos e hidratação durante muito tempo. Escolha o modelo da nécessaire e anote as dicas.    

Torne a bolsa mais leve colocando apenas aquilo que realmente vai precisar. Para armazenar os produtos de higiene escolha as nécessaires revestidas com tecidos impermeáveis, porque isso ajudará na hora de higienizá-la. Este kit precisa conter:

Creme dental – os tubos do tamanho miniatura ocupam menos espaço e são menos pesados do que um tubo grande. "Uma dica extra para aproveitar melhor o creme dental em casa são os organizadores que fazem com que se tenha um melhor aproveitamento do produto, evitando desperdícios e sujeiras", recomenda Ana Lima. Ele pode ser fixado na parede do banheiro. Basta remover o papel adesivo para fixá-lo próximo à pia.

Escova de dente – a escova precisa estar sempre protegida dentro de uma caixinha específica para higiene bucal e não solta dentro da bolsa, pois pode entrar em contato com itens contaminantes como as moedas por exemplo. As cerdas das escovas devem ser protegidas com porta escovas de dente. “Existe no mercado este tipo de acessório com antibactericida, que segundo o fabricante, possui raios ultravioletas que matam os microorganismos presentes nas escovas dentais, já que elas possuem um ambiente ideal para a proliferação de bactérias por fornecerem comida e água em abundância, mas o investimento é um pouco mais alto que um protetor comum”, afirma a consultora. 

Após o uso, as escovas precisam estar com suas cerdas muito bem secas. “Como não estamos em casa para deixá-las secando e temos que guardá-las logo, então indico o uso de lencinhos descartáveis para ajudar a secar um pouco mais e não se esquecer de fazer a troca com regularidade”, diz Ana Lima. A maioria dos especialistas recomenda que elas sejam trocadas a cada três meses ou após resfriado, gripe, infecção na boca ou dor de garganta. Isso porque as cerdas podem ficar contaminadas e levar a uma nova infecção. 

Uma dica legal para não se esquecer de quando será a próxima troca da escova é deixar a troca agendada. “Se você é do tipo que usa a sua agenda para marcar tudo, então agende isso também”, recomenda a consultora. Mas, se você não costuma utilizar agendas, então marque em um post it ou em um papel colante fixado onde você sempre costuma ver.
 
Fio dental – o dentista pode indicar qual o tipo de fio recomendado para cada caso.

Limpador de língua – Após seu uso, lave-o bem com água e sabão, seque-o e depois guarde em um estojinho ou embrulhado no lenço descartável;

Alimentos – é recomendado ter na bolsa sempre um alimento, seja uma barra de cereal, um pacote de bolachas salgadas ou uma fruta para lanchar de três em três horas. "O jejum prolongado também é um dos fatores que propiciam o mau hálito", diz a especialista em halitose Ana Kolbe, presidente da Associação Brasileira de Estudos e Pesquisa dos Odores da Boca – ABPO. O melhor é colocá-lo em uma divisória da bolsa ou num bolso. Quando os pacotes forem abertos e não consumidos por inteiro, o ideal é colocar o que sobrou num saquinho plástico para evitar farelos na bolsa. "Mas se o alimento for uma fruta, a melhor forma de armazená-la é em um pote hermeticamente fechado", indica Ana Lima. 

Garrafas de água – há alguns acessórios que podem ser utilizados para levar garrafas de água na bolsa:
- Porta garrafas – são sacolinhas de tecido com a medida de uma garrafa de 500 ml, que serve para acondicionar a garrafa dentro dela;
- Mosquetões para garrafas - específicos para garrafa de água, é só prendê-lo na bolsa e enganchar a garrafa nele;
- Garrafas dobráveis – São garrafas d’água, de material flexível que quando cheias ficam em pé e quando vazias pode-se enrolar ou dobrar. Vem com um mosquetão de escalada para prender na bolsa.

Quanto à bala, goma de mascar e enxaguante bucal, Ana Kolbe afirma que é preferível deixá-los de lado. “Esses produtos apenas mascaram o odor da boca”, diz.

Fonte: Agência Beta Este conteúdo é de propriedade intelectual do Terra e fica proibido o uso sem prévia autorização. Todos os direitos reservados. Fonte: Terra
publicidade