0

OMS planeja vacinação contra o cólera no Iêmen

9 jun 2017
10h14
  • separator
  • comentários

A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse nesta sexta-feira que foi superada a "fase de emergência total" perante a epidemia de cólera no Iêmen, com mais 100 mil casos suspeitos e cerca de 800 mortos, e avalia as possibilidades de fazer uma campanha de vacinação para conter a propagação.

A fim de identificar as áreas mais afetadas, determinar quantas pessoas devem ser vacinadas e colocar em andamento os preparativos logísticos, a Organização iniciou conversas com as autoridades iemenitas e entidades humanitárias que trabalham no país.

A OMS administra uma reserva de dois milhões de doses de vacinas contra o cólera.

"Tudo isto é um desafio porque trata-se de um país em guerra, mas a boa notícia é que várias das zonas mais afetadas são acessíveis e atualmente podemos chegar às pessoas com provisões médicas e antibióticos, o que possibilita uma campanha de vacinação", disse em Genebra a porta-voz da OMS, Fadela Chaib.

A Organização deve determinar agora a quantidade que enviará de vacinas ao Iêmen por conta da capacidade de armazenamento, o funcionamento dos aparelhos para a conservação do produto e garantir que as pessoas encarregadas da vacinação contem com a formação apropriada.

A epidemia de cólera tem se estendido desde abril à maior parte das províncias do Iêmen, onde as infraestruturas estão danificadas pela guerra civil.EFE

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade