PUBLICIDADE

Óleo de copaíba: saiba os benefícios para pele e cabelo

Se você sofre com espinhas, por exemplo, o óleo de copaíba pode ser um grande aliado. Conheça outras vantagens!

23 abr 2024 - 18h24
(atualizado às 23h05)
Compartilhar
Exibir comentários

O óleo de copaíba é extraído do tronco de árvores do gênero Copaifera, nativas da América do Sul. "A extração é feita por meio de perfuração do tronco da árvore, de onde se coleta o líquido que escorre", explica o Dr. Lucas Miranda, dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e fundador da Clínica e fundador da Clínica Lucas Miranda em Belo Horizonte, Minas Gerais.

Entenda para que serve o óleo de copaíba |
Entenda para que serve o óleo de copaíba |
Foto: freepik/ / Boa Forma

O ativo, que tem sido bastante utilizado em cosméticos como desodorantes naturais, séruns e sabonetes faciais, oferece propriedades anti-inflamatórias, antibacterianas e cicatrizantes.

"Esse óleo apresenta grandes benefícios para a beleza, saúde e bem-estar. Ele é rico em sesquiterpenos, como beta-bisaboleno e beta-cariofileno, substância com ações cicatrizantes, analgésicas e anti-inflamatórias", afirma Soon Hee Han, empresária sul-coreana e CEO e CRDO da AMAKOS da Amazônia.

Quais os benefícios do óleo de copaíba?

Os principais benefícios do óleo de copaíba para a pele e cabelo são:

  • Redução de inflamações;
  • Cicatrização de feridas;
  • Melhora do aspecto geral da pele, dando viço e luminosidade;
  • Controle da oleosidade;
  • Diminuição e prevenção das espinhas;
  • Tratamento de problemas como dermatite seborreica, psoríase, eczema, micoses e acne;
  • Melhora de coceira e descamação do couro cabeludo.

"O óleo resina de copaíba e o óleo essencial de copaíba têm entre os seus compostos o β-bisaboleno e β-cariophileno - reconhecidos ativos anti-inflamatórios, anti-irritantes e protetores, e o ácido copálico, que é calmante e analgésico. São ativos importantes para tratar peles mistas, oleosas e acneicas, pois têm atividade antimicrobiana, controlam a oleosidade, previnem acne e auxiliam na 'secagem' da espinha", destaca Soon Hee Han. 

"Ele é um relaxante da musculatura lisa e contribui para o controle de condições inflamatórias, por exemplo, a acne e o melasma", completa o  Dr. Thiago Guidi, dermatologista. 

Como usar o óleo de copaíba?

Para utilizar o óleo de copaíba de modo tópico, você pode diluí-lo em um óleo carreador e aplicá-lo diretamente na região afetada, por exemplo, em cima da espinha ou da ferida.

No entanto, também é possível apostar em cosméticos que já sejam formulados com o ativo. "Existem vários óleos, séruns, shampoos, sabonetes e outros produtos desenvolvidos com o óleo de copaíba, e eles devem ser usados conforme a recomendação na embalagem. Para garantir a eficácia e segurança, é importante optar por produtos de boa qualidade e comprovados dermatologicamente", alerta o Dr. Lucas.

"A aplicação deve ser feita em pequenas quantidade inicialmente, para testar a sensibilidade da pele ao produto e de acordo com a indicação de um profissional", completa ele.

Quais as contraindicações?

Especialmente quando utilizado diretamente na pele em sua forma pura e em uma quantidade exagerada, o óleo de copaíba pode causar reações alérgicas vermelhidão. O uso não é indicado para mulheres grávidas ou lactantes sem o acompanhamento de um especialista, conta o Dr. Lucas Miranda.

O óleo essencial de copaíba também pode ser consumido via oral, ajudando no fortalecimento da imunidade e em sintomas respiratórios. "Mas, atenção: nesse caso, é indispensável contar com uma orientação médica, pois o ingrediente pode provocar danos colaterais ao organismo", enfatiza a CRDO e CEO da AMAKOS da Amazônia.

Cosméticos com óleo de copaíba

 

Boa Forma
Compartilhar
Publicidade
Publicidade