PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

O que é pneumonia assintomática, que afetou Camila Pitanga?

"O corpo não aguentou", afirmou a atriz nas redes sociais

26 mar 2024 - 16h40
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
Camila Pitanga foi internada com pneumonia assintomática, que não apresenta sintomas característicos como tosse e febre. A atriz alerta para a importância de exames preventivos, citando a colonoscopia a partir dos 45 anos de idade.

Camila Pitanga surgiu nas redes sociais em uma cama de hospital, mas alertou que já está bem. "É para não alarmar ninguém", disse a atriz de 46 anos em uma publicação no Instagram, feita nesta terça-feira (26). Na foto que acompanha o texto, a atriz aparece em um hospital. Ela foi internada com pneumonia assintomática. Pitanga reforça que sua condição de saúde já foi totalmente tratada. 

O que é pneumonia assintomática?

A doença pode ter sintomas que não são necessariamente ligados à pneumonia, de maneira que os pacientes podem não saber que estão infectados. "Enquanto a pneumonia comum apresenta sintomas clássicos como tosse e febre; que levam à procura de tratamento médico, a pneumonia assintomática pode ser descoberta acidentalmente através de exames de imagem realizados por outros motivos", explica a médica pneumologista Michelle Andreata.

A falta de sintomas padronizados da doença, como é o caso da pneumonia infecciosa, torna o risco da pneumonia infecciosa ainda maior, uma vez que se não for tratada, a infecção no pulmão pode levar a doenças mais graves. 

"Um tempinho atrás comecei a me sentir extremamente cansada, imaginei ser um princípio de estafa devido a muito trabalho e questões pessoais que me demandavam bastante, longe de casa, saudade da família... O corpo não aguentou", escreveu a atriz no post. 

Diagnóstico 

A atriz contou que realizou uma série de exames, até que a pneumonia assintomática foi identificada. "Fiz vários exames importantes que aos poucos, apesar de algumas alterações, foram me tranquilizando conforme fomos descartando hipóteses". 

A pneumologista Dra. Michelle Andreata afirma que, independente do tipo de pneumonia, o diagnóstico geralmente envolve a avaliação clínica do paciente, junto com exames de imagem. "A tomografía computadorizada (TC) de tórax é especialmente útil para detectar acometimentos infecciosos do parênquima pulmonar que não são facilmente visíveis em radiografias, especialmente em casos mais complexos ou em pacientes imunocomprometidos", afirma. 

Outono quente: sucos que hidratam e aumentam a imunidade Outono quente: sucos que hidratam e aumentam a imunidade

Tratamento da pneumonia assintomática

O tratamento varia com base no agente causador e na condição geral do paciente, segundo a médica. "Quando uma pneumonia assintomática é diagnosticada, o primeiro passo é identificar o patógeno responsável pela infecção. O tratamento geralmente inclui o uso de antiinflamatórios potentes, como os corticoides, e se houver suspeita de causa bacteriana, os antibióticos de amplo espectro serão escolhidos com base no tipo específico de patógeno identificado". Além dos remédios, a médica destaca a importância de repousar na cama, evitar grandes esforços e manter uma boa hidratação. 

Em seu texto, Camila Pitanga ainda aproveita para alertar sobre a importância de realizar exames preventivamente e faz um alerta para o mês de "Azul-Marinho", que acontece em março, com o objetivo de conscientizar a prevenção, diagnóstico e tratamento precoces do câncer do colorretal. "A colonoscopia nesse caso é de extrema importância para detectar qualquer anormalidade, seja ela com sintomas ou não, por isso a necessidade do exame à partir dos 45 anos, dentro da sua rotina de cuidados. Fiz e seguirei fazendo", afirma.

Fonte: Redação Terra Você
Compartilhar
Publicidade
Publicidade