PUBLICIDADE

Erros que podem atrapalhar o emagrecimento: conheça 8 deles

Será que você comete algum destes erros na sua rotina? Descubra quais são!

23 ago 2023 - 15h30
Compartilhar
Exibir comentários

Atividade física em dia, alimentação equilibrada e, mesmo assim, você tem enfrentado dificuldades para perder aqueles quilinhos a mais. Sabia que isso pode estar acontecendo por causa de alguns pequenos hábitos que você costuma ter no seu dia a dia? A seguir, a  Dra. Thais Mussi, endocrinologista e metabologista pela Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), aponta oito erros que podem atrapalhar o emagrecimento. Confira:

Veja quais hábitos podem estar comprometendo a sua perda de peso |
Veja quais hábitos podem estar comprometendo a sua perda de peso |
Foto: freepik/Freepik / Boa Forma

Estabelecer metas irreais

Quando você define objetivos inatingíveis, a tendência é que você se sinta desmotivado ou frustrado, mesmo que você realmente esteja progredindo gradualmente.

Além disso, muitas pessoas, com a intenção de alcançar resultados imediatos, acabam apostando em dietas restritivas ou exagerando nos exercícios, o que pode desencadear sérios problemas no organismo.

Também não podemos esquecer que metas irreais podem fazer com que você foque apenas na quantidade de peso perdido, sendo que, na verdade, o ideal a se fazer é colocar como prioridade a melhora da sua saúde em geral.

"É fundamental ter metas realistas e alcançáveis, preferencialmente com a orientação de um profissional", ressalta a médica.

Não persistir

A jornada da perda de peso depende de consistência e tempo para ter sucesso. Por isso, é indispensável se manter encorajado durante todo o processo, comemorando até mesmo as pequenas conquistas e buscando apoio quando necessário.

Subestimar a importância da água

"A hidratação adequada é essencial para a saúde metabólica. Tenha sempre uma garrafa de água por perto e beba regularmente ao longo do dia", orienta a especialista.

Comer com pressa e distraído

Se você gosta de comer enquanto assiste um episódio da sua série favorita ou navega pelas redes sociais, tenha em mente que esse hábito pode não apenas impactar negativamente na sua relação com a alimentação mas também na perda de peso.

Isso porque, a atenção dividida entre a tela e a refeição pode levar a um menor reconhecimento dos sinais de saciedade do corpo, estimulando o consumo excessivo de alimentos.

Não se movimentar muito no dia a dia

De acordo com a Dra. Thais, a incorporação de uma atividade física na rotina, mesmo que seja uma caminhada breve, alongamentos durante a manhã, subir escadas ou um passeio de bicicleta, pode fazer total diferença para a queima calórica.

Exagerar no delivery

Pratos de restaurantes podem ser mais calóricos e menos nutritivos devido a uma série de fatores, que vão desde a escolha dos ingredientes até a forma como eles são preparados.

Portanto, cozinhar em casa permite um controle maior sobre a qualidade do que você está ingerindo, tornando a sua alimentação muito mais saudável e alinhada com os seus objetivos de emagrecimento.

Não dormir bem

Um sono de qualidade é essencial para a regulação de hormônios, como a leptina e a grelina, que são responsáveis por controlar a sensação de saciedade e fome, e para o bem-estar geral, tanto da mente quanto do corpo.

"Garanta de 7 a 9 horas de sono por noite e mantenha uma rotina de sono consistente", destaca a endocrinologista.

Não prestar atenção no intestino

Na maioria das vezes, quem está querendo emagrecer se esquece da importância de prestar atenção no intestino e, como consequência, o processo acaba sendo comprometido. Afinal, o funcionamento correto desse órgão influencia na digestão, na boa absorção de nutrientes, no controle de peso e na regulação de hormônios (entre eles, a insulina, que afeta diretamente o metabolismo).

"Uma dieta equilibrada, rica em fibras e probióticos, pode ajudar a regular o trato gastrointestinal", conclui a Dra. Thais.

Boa Forma
Compartilhar
Publicidade
Publicidade