PUBLICIDADE

Enxaqueca oftálmica - Entende as causas, sintomas e tratamento

Entenda a importância de saber distinguir entre uma enxaqueca comum e uma enxaqueca derivada da visão.

3 mar 2024 - 11h13
Compartilhar
Exibir comentários

 A enxaqueca oftálmica, também conhecida como enxaqueca com aura, é causada por alterações nas atividades elétricas do cérebro. As causas exatas não são totalmente compreendidas, mas fatores como predisposição genética, desequilíbrios químicos cerebrais e desencadeadores ambientais podem contribuir.

Segundo o Dr. Marcelo Brito, médico oftalmologista, os sintomas incluem visão embaçada ou com pontos cegos, flashes de luz, linhas onduladas e, em alguns casos, perda temporária da visão. Além disso, dores de cabeça intensas geralmente acompanham esses sintomas visuais.

"A duração dos episódios de enxaqueca oftálmica varia de pessoa para pessoa. Geralmente, duram de 20 minutos a uma hora. No entanto, a dor de cabeça que pode seguir a aura visual chega a durar horas ou dias", explica o médico oftalmologista.

[caption id="attachment_4375" align="alignnone" width="300"] Crédito: Freepik[/caption]

O tratamento pode envolver medicamentos para aliviar a dor e prevenir futuros episódios, como analgésicos, anti-inflamatórios não esteroides (AINEs) e medicamentos específicos para enxaqueca, incluindo triptanos. Em casos graves, o médico pode recomendar medicamentos preventivos.

A prevenção envolve identificar e evitar possíveis desencadeadores, como certos alimentos, estresse, alterações hormonais e falta de sono. Além disso, manter um estilo de vida saudável, com boa hidratação, exercícios regulares e sono adequado, pode reduzir a frequência e a intensidade das crises.

"É importante distinguir entre dores de cabeça relacionadas à visão e outras causas. Se a dor de cabeça ocorrer em conjunto com sintomas visuais, como flashes de luz ou pontos cegos, pode ser indicativo de enxaqueca oftálmica. Uma avaliação oftalmológica e neurológica é essencial para um diagnóstico preciso.", finaliza.

Fonte: Dr. Marcelo Brito | Médico Oftalmologista | CRM: 18871/RQE:415 |Instagram: @dr.marcelobrito

Sou Mais Bem Estar
Compartilhar
Publicidade
Publicidade