PUBLICIDADE

Brasileiros criam hambúrguer de caju com fibras descartadas

3 nov 2015 - 18h20
(atualizado às 18h30)
Compartilhar
Exibir comentários
Hambúrguer de caju pode ser uma boa alternativa para compor dietas com restrição ao consumo de proteína animal
Hambúrguer de caju pode ser uma boa alternativa para compor dietas com restrição ao consumo de proteína animal
Foto: Ana Elisa Sidrin / Eco Desenvolvimento

As fibras do caju são geralmente descartadas nas fábricas de suco, mas a Embrapa Agroindústria Tropical no Ceará desenvolveu uma maneira de reutilizá-las: criando duas formulações de hambúrguer cujo principal ingrediente é exatamente essas fibras.

A primeira receita criada busca a produção industrial, sendo misturada com proteína de soja, além de outros ingredientes, e requer equipamentos industriais.

O hambúrguer de caju tem apenas metade das calorias do seu similar de carne bovina.

Já a outra tem como base proteica o feijão-caupi (também conhecido como feijão-de-corda) e foi planejada para a produção doméstica, com o objetivo de oferecer uma alternativa de renda a agricultores familiares.

Mudanças no produto

"Percebemos que existiam alguns problemas, que o pessoal reclamava que era muito fibroso, de difícil digestão e o sabor não era lá muito bom. Resolvemos fazer algumas misturas com outros produtos para aumentar o teor de proteínas e melhorar a questão sensorial", explica Janice Lima, pesquisadora da Embrapa, em entrevista à Tribuna do Ceará.

“Usamos tanto a massa de feijão – semelhante a massa do acarajé -, quanto a proteína isolada de soja. Um pensando em uma produção mais caseira e o outro pensando numa produção mais industrial”, completa.

O hambúrguer de caju tem apenas metade das calorias do seu similar de carne bovina e pode ser uma boa alternativa para compor dietas com restrição ao consumo de proteína animal.

Fonte: Eco Desenvolvimento Eco Desenvolvimento
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade