2 eventos ao vivo

Espremer espinhas pode causar infecção e levar à morte

Médicos alertam que causar machucados no rosto é perigoso, pois a infecção pode chegar muito rápido ao cérebro

26 set 2013
18h11
atualizado às 18h11
  • separator
  • 0
  • comentários

Espremer uma espinha pode te matar? Esta pergunta é no mínimo estranha, mas quem nunca se viu de frente para o espelho espremendo uma acne no queixo, no nariz ou na bochecha?
Apesar dos dermatologistas alertarem que este hábito seja evitado a todo custo, é difícil resitir. Mas, deveríamos.

<p>Médicos alertam que bactérias das mãos que entram em contato com a corrente sanguínea podem causar infecção</p>
Médicos alertam que bactérias das mãos que entram em contato com a corrente sanguínea podem causar infecção
Foto: Getty Images

De acordo com o site Huffington Post, ao espremer uma espinha, a pele se rasga, podendo deixar uma cicatriz eterna e, pior ainda, milhares de bactérias que estão nas mãos entram na corrente sanguínea e podem começar uma infecção.

Isto porque no rosto há uma área chamada de "triângulo da morte" - região entre boca, nariz e olhos - e uma infecção nesta parte pode chegar muito rápido ao cérebro, já que os vasos sanguineos desta região estão ligados à base do cérebro, e causar paralisia, perda de visão, ou a morte do paciente. 

Além das espinhas, limpar o nariz também tem alto risco para a saúde, já que as mesmas bactérias das mãos podem entrar em contato com o sangue caso o interior do nariz seja machucado.

Um outro hábito que também deve ser evitado é arrancar os pelos do nariz. Os médicos alertam que eles são a principal proteção do corpo contra infecções que podem vir através do ar, por isso não devem ser retirados. Caso cresçam mais que o devido, o recomendado é que sejam apenas cortados.

&amp;amp;amp;amp;amp;lt;a data-cke-saved-href=&amp;amp;amp;amp;quot;http://www.terra.com.br/saude/infograficos/alergias-de-pele/&amp;amp;amp;amp;quot; href=&amp;amp;amp;amp;quot;http://www.terra.com.br/saude/infograficos/alergias-de-pele/&amp;amp;amp;amp;quot;&amp;amp;amp;amp;amp;gt;Alergias de pele&amp;amp;amp;amp;amp;lt;/a&amp;amp;amp;amp;amp;gt;
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade